Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Sessão da Câmara fica por 2 horas parada

Publicada em 19/03/2015 às 14:26 | por Mateus Storti

Em sessão na última terça-feira (17), a 94ª ordinária desta legislatura, tivemos 12 itens discutidos, e uma suspensão que durou incríveis 2 10930868_836284243104524_1356796858247775856_nhoras…

  • Início às 18h02 / Término às 23h

  • Sessão acompanhada pelas voluntárias Thuany e Nayara.

Suspensões

Ao longo de 5 horas de sessão, foram contabilizadas pouco mais de 2 horas de paralisação. Reparem, paralisação. Nessa sessão, um único pedido de suspensão durou 2 horas, pela ocasião da apresentação da Campanha da Fraternidade 2015.

O ato teve início às 18h24, e foi até por volta de 20h40. Cidadãos que acompanhavam do local ou de suas casas comentaram: “Não sobraram uma dezena [de expectadores na Câmara]. Houve apresentação da campanha da Fraternidade, mas a solenidade não precisava demorar tanto!” comentou Karol Rabello. Já Henrique Parra foi enfático: “E a apresentação poderia ser em plenário. Afinal, é uma campanha pública! As 85 pessoas no plenário sairiam animadas!”. Para Guilherme Barros, autor de uma das postagens no Facebook chamando atenção para essa longa pausa numa sessão ordinária, “o que me custa a entender é divulgar uma campanha que está nas ruas mais de 20 dias. A quaresma está na metade!!!”.

Antes da suspensão eram cerca de 85 pessoas acompanhando a sessão na Câmara. Perto das 20h30 não passava de 20 os espectadores no local.

Há um mês o Voto Consciente Jundiaí se posicionou publicamente, inclusive usando da Tribuna Livre, sobre as frequentes suspensões, e essa semana voltou a se posicionar por meio da página no Facebook, e por postagens no site dos voluntários Thuany e Henrique.

teste

Votações

Cinco projetos de lei foram aprovados, e um adiado. Um veto e mais cinco moções fizeram parte da pauta dessa 94ª sessão.

Os projetos de lei aprovados: os PLs 11.726/2015 e 11.759/2015, de Leandro Palmarini e Marcelo Gastaldo respectivamente, de denominação de ruas; PL 11.753/2015 de Paulo Sergio que institui a Campanha de Prevenção às Doenças Renais; PL 11.473/2014 que regula a execução de limpeza exterior de fachadas e vidraças de edifícios, da autoria de Gerson Sartori; e PL 11.668/2015 do vereador Dirlei, que veda nas escolas da rede pública municipal comunicação mercadológica ao público infantil. O projeto de lei 11724/2015 do Prefeito Pedro Bigardi, que modifica lei que criou o Conselho Municipal de Segurança Pública e Cidadania, foi adiado para sessão do dia 5 de maio.

O veto parcial nº 1/2015 do prefeito ao PL 11.660/2014, do Vereador José Dias, fora derrubado.

As moções da Bancada do PT, dos vereadores Valdeci Vilar, José Dias e outras duas de Rafael Purgato (1 e 2), foram aprovadas.

Mateus Storti

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/8975/