Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Acredite e faça por merecer.

Publicada em 10/06/2013 às 23:52 | por Ede Galileu

Esta semana li um texto de um artista que admiro, e gostei muito. O texto falava de um rapaz que o procurou com interesse em começar a estudar desenho, porém uma das maiores preocupações dele era se ele se daria bem escolhendo aquela carreira, ele queria começar a estudar, mas só se tivesse uma certeza de que teria sucesso fazendo isso.

Vou pegar o gancho desta discussão e ampliar ela um pouco.

Tá certo que a vida de artista não é tão fácil e todo mundo sabe disso, tirando uma porcentagem muuuuito baixa da classe artística que consegue se dar bem e fazer o seu pé de meia em algum momento, garantindo uma vida tranquila onde não tem que passar a vida inteira se matando pra colocar a comida na mesa, a vida do artista não é fácil.

Eu, como artista, bem sei  que essa dura vida do artista, começa em casa, é muito raro algum caso onde os pais fazem festa quando seu filho decide ir para a área artística, geralmente é bem o contrário. Acho que isso é um daqueles velhos tabus que faz os pais se lembrarem de como era antigamente e entrar em desespero por pensar que o filho está caminhando para uma vida sofrível e sem futuro.

E não para por aí não, a menos que você se case com alguém tão fascinado pelas artes quanto você, sua vida vai continuar sendo difícil, porque ela sempre terá dificuldade de entender o que você faz, ela também vai ter aquela visão antiquada de que seria muito mais fácil você trabalhar em uma empresa qualquer, entrar em uma faculdade de engenharia, direito ou qualquer outro curso desses que (segundo uma visão muito minimalista) vai te garantir um bom futuro e assim ter um final feliz.

Bom, em primeiro acho que não existe nenhuma garantia de uma carreira dar ou não dar certo, e se as pessoas enriquecem trabalhando, é por que são muito boas fazendo o que fazem, e se são boas, é porque gostam muito de fazer.

A grande questão é que o caminho do artista é longo, seu aprendizado não é uma faculdade de 4 anos onde ele sai com um diploma na mão, todo orgulhoso, e depois não sabe o que fazer com aquilo, muitas vezes, nem tem coragem de sair de seu antigo emprego pra exercer a profissão em que se formou. O artista depende da sua vida social, ninguém fica famoso ou começa a ganhar dinheiro, sem mostrar seu trabalho, sem participar e se relacionar com outros artistas e apreciadores da arte, além disso, o aprendizado do artista leva a vida toda, a arte evolui, afinal, se não evoluísse, hoje só teríamos exposições com pinturas rupestres.

Falta um pouco de paciência, e mais ainda da parte daqueles que não tem a mesma visão que você e tampouco interesse em conhecê-la.

970854_478803535527722_2100040153_nTira dos Passarinhos por Estevão Ribeiro.

O que move o artista é a vontade de se expressar, e sempre vai ter quem admire seus trabalhos, o que é o seu maior incentivo, mas a falta de apoio da família prejudica muito o seu crescimento. Imagina quantos talentos foram podados antes de se desenvolver, conheço muitos desistiram de um sonho, em troca de uma carteira assinada, já vi também acontecer o contrário, onde o artista abdica de sua vida familiar e sai pelo mundo, em busca de sua felicidade, duas situações muito tristes.

Mas é uma escolha bem simples, ou você acredita em você e começa a caminhar na estrada que você escolheu, ou abre mão da sua felicidade e vai pelo caminho que dizem ser o melhor, o mais curto ou o mais correto, não existe uma fórmula perfeita, por isso se chama escolha.

Independente do caminho, vai exigir esforço, mas se você vê esse esforço como algo que pode não significar nada, (o que na minha opinião, é uma maneira muito pobre de ver, pois todo conhecimento é válido) então é melhor nem começar.

Avatar
Últimos posts por Ede Galileu (exibir todos)

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/acredite-e-faca-por-merecer/