Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Artigo

Publicada em 17/03/2009 às 12:50 | por Voto Consciente Jundiai
Organizando para desorganizar
Por: Mauro Utida

Fico triste quando vejo a atual situação política de Jarinu. Há mais de 16 anos duas frentes políticas estão no poder do município e durante todo este tempo, que poderá se prolongar por mais quatro anos, ambas as partes nunca se entenderam. Infelizmente, Jarinu não é um caso exclusivo neste país, temos outros exemplos claros entre PT e PSDB que brigam pelo poder do país desde que a Ditadura Militar foi eliminada. O bipartidarismo que existia nos tempos de chumbo ainda prevalece neste país.
Mas, acontece que a briga política pelo poder atrasa o desenvolvimento do país e do município. Em Jarinu, muitos projetos iniciados por um prefeito não eram terminados por outro que assumia em seguida, simplesmente para prejudicar o outro. Enquanto isso, os munícipes de Jarinu é que pagam pelo pensamento retrógrado destes dois poderes.
A cidade e sua população não merecem esse tipo de governo. Jarinu há tempos carrega o título de segundo melhor clima do mundo. Isto porque mantém a maior parte de sua área verde preservada. O povo humilde que ainda cultiva suas terras e se destaca pela produção de frutas e verduras, contam com uma cultura que há tempos desapareceu nas cidades vizinhas: de um povo tipicamente rural, festivo e recepcionista. Não é à toa, que a cidade está incluída no Pólo Turístico Circuito das Frutas e recebe milhares de turistas anualmente.
Mas, a cidade que deveria ser tranqüila, vem apresentando um grande crescimento nas estatísticas criminais nos últimos anos. Em 2007, por exemplo, segundo a secretária de segurança pública do Estado, houve sete homicídios dolosos no município, quatro a mais do que em 2002, ou seja, crescimento de 42,8%. Em 2007, todos os índices criminais foram batidos, como crescimento na taxa de furto e roubo.
É preocupante o crescimento da violência no município. Este ano, fiquei espantado com as histórias dos moradores do simpático vilarejo do Tijuco Preto, conhecido dentro de Jarinu como “um pedaço da Itália no Brasil”. O local afastado da região central de Jarinu e quase na divisa com Itatiba, é ocupado por um pouco mais de cinco famílias – que vivem da agricultura – e por contar com pouca segurança ladrões estão tirando a paz do vilarejo. Uma moradora contou que os ladrões esperam as famílias irem para a Igreja para invadirem as suas casas.
Não quero botar a culpa exclusivamente nos dois governos que estão no poder da cidade nos últimos anos, mas ao invés de se preocuparem em um prejudicar o outro deveriam se unir para não deixar que Jarinu se transforme em mais uma cidade violenta e sempre presente nas notícias policiais dos jornais.

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/artigo/