Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Artistas unidos…

Publicada em 10/01/2013 às 01:27 | por Ede Galileu

Vamos começar com um breve resumo dos acontecimentos desde o nascimento do “Coletivo Cultura Jundiaí”.

Em maio, fui convidado a participar de um bate papo sobre cultura no Ateliê Casarão. Neste dia estávamos eu, Cintia Carvalho, Carmen Nogueira, Henrique Parra e Claudio Albuquerque, a conversa foi muito produtiva e saímos de lá com uma ideia em mente: queríamos promover uma união entre os artistas e apreciadores de cultura da cidade e desta forma, mudar a nossa relação com os candidatos (já que era ano de eleição). A proposta era simples, todo ano os candidatos saem à procura de apoios entre os artistas, produtores culturais e formadores de opinião, mas não neste ano, agora seriam eles que iriam nos apoiar. De que maneira? Sabe o G.T. de cultura que eles criam, com propostas e promessas nesta área? Nós iríamos poupá-los deste trabalho, afinal, quem melhor pra fazer planejamento na área de cultura? Os artistas, é claro.

“Era hora de mudar a lógica das eleições”52_n2

As reuniões foram acontecendo, promovemos uma palestra com um dos responsáveis pelo site de financiamento colaborativo “Catarse” e fomos chamando cada vez mais gente pra compor o “Coletivo”. As ideias também foram crescendo e sendo lapidadas, mas só conseguimos ver como estávamos chamando a atenção mesmo, no dia do lançamento oficial do “Coletivo” no dia 15 de julho, que contou com mais de 60 pessoas. Entre os presentes estavam a Penha Camunhas (Secretaria de cultura na época), dois candidatos a prefeito (inclusive o prefeito eleito, Pedro Bigardi), o Sr. Tercio Marinho (atual Secretário de Cultura), muitos artistas, candidatos a vereador, apreciadores e produtores culturais. Neste encontro, pudemos expor nossa ideia e dizer que faríamos um documento contendo propostas para a cultura na cidade e que o entregaríamos a todos os candidatos a prefeito, pedindo que se comprometessem com elas. Também convidamos todos os presentes a participar das reuniões onde estaríamos elaborando estas propostas de uma maneira colaborativa.

As reuniões foram acontecendo e agregando cada vez mais gente interessada e entendida do assunto, hoje a página do “Coletivo” no Facebook, conta com mais de 200 integrantes, conseguimos redigir esta carta de compromisso com a colaboração de muita gente e as entregamos aos candidatos, conseguimos a assinatura de compromisso de três deles, inclusive o atual prefeito. (Esta carta está disponível na pasta “Documentos” do grupo)

Me orgulho muito de fazer parte desta pequena parte da história de Jundiaí. Ajudei, fui ajudado, aprendi muito, conheci pessoas muito interessantes, participei de intervenções urbanas, e ajudei o Voto Consciente com a divulgação do “Ficha Pública”. É claro que como era de se esperar, nos deparamos com pessoas que sempre pensam o pior uma das outras, nos criticaram sem ao menos nos conhecer ou participar de uma reunião. Pessoas que simplesmente não participaram por achar que se tratava de política partidária e que perderam a oportunidade de contribuir com suas ideias e de ver tantas pessoas, as vezes com ideias diferentes, debatendo e contribuindo com o coletivo, afinal, como citou certa vez minha amiga Cintia, um coletivo é formado de pessoas diferentes que se completam, e não de mentes que repetem as mesmas informações.40_n

   Acho que só o fato de conseguirmos esta mobilização e união da classe artística e de  termos um compromisso assinado do atual prefeito, com nossas propostas, já é uma grande vitória. Mas não pensem que paramos por aí, agora é o compromisso de cobrar da atual gestão, inclusive uma das primeiras ações do atual Secretário de Cultura, foi convocar uma reunião com o “Coletivo”, onde pudemos sentir o comprometimento com a classe artística Continuaremos nos encontrando e agregando colaboradores, não podemos perder essa força que ganhamos coletivamente.

               Uma historinha mineira só pra expressar o que eu digo:

            Um próspero fazendeiro lá de Minas estava gravemente enfermo. Preocupado com a desarmonia entre seus quatro filhos, resolveu dar-lhes uma lição. Chamou-os, mostrou-lhes um feixe de gravetos amarrados e disse: “Como vocês sabem, estou doente e posso morrer a qualquer momento”. Aquele que conseguir quebrar estes gravetos só com as mãos será meu único herdeiro. Os filhos estranharam, mas aceitaram o desafio. Entretanto, nenhum deles conseguiu quebrar os gravetos. Indignados com a tarefa impossível proposta pelo pai, puseram-se a reclamar. Foi quando o fazendeiro pediu o feixe a anunciou que ele mesmo iria quebrá-lo. Incrédulos, os filhos lhe alcançaram os gravetos e, atônitos, assistiram ao pai que, deitado, foi retirando os gravetos e quebrando-os um a um, para depois concluir:

– Vocês são como este feixe. Enquanto estiverem unidos, sempre poderão contar com o apoio um do outro. Porém, separados, vocês são tão frágeis quanto cada um destes gravetos.

 É a mais pura verdade, precisamos nos manter unidos, pois a partir do momento em que resolvermos agir individualmente, temos que estar cientes de que estamos mais fracos, como a história do beija-flor que, ao presenciar um incêndio na floresta, passou a encher o biquinho de água para tentar apagar o fogo. Obviamente sua boa intenção não valeu de nada e a floresta transformou-se em um amontoado de cinzas. Não podemos deixar de admirar a nobreza do passarinho, sua obstinação e sua esperança, mas fica claro que seu esforço só teria surtido efeito se ele tivesse contado com a ajuda dos outros animais.

Acredito que este ano se inicia uma nova era na cidade, pois nunca houve uma mobilização tão grande em prol da cultura, aliás, o que se ouvia era exatamente o contrário, que os artistas de Jundiaí eram muito desunidos, mas ver tantas pessoas representando diversas linguagens artísticas unidas em favor do crescimento cultural da cidade, só me inspira cada vez mais a continuar nessa luta.

Confira algumas das fotos dos nossos encontros aqui.

Avatar
Últimos posts por Ede Galileu (exibir todos)

Leia mais sobre Outros

2 respostas para “Artistas unidos…”

  1. Avatar Lígia Luciene Rodrigues disse:

    Ede, parabéns pelo texto!
    As boa ideias sempre nascem em ambientes como o coletivo criou!
    Todas essas conquistas e esse grupo de pessoas também me faz acreditar e me inspira a continuar lutando por uma cidade melhor.
    Beijo

    PS: adorei as histórinhas! Boa!

  2. Avatar Ede Galileu disse:

    Obrigado Ligia, que bom que você é uma das responsáveis por esse nosso sucesso, vamos continuar na luta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/artistas-unidos/