Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Câmara nega transporte gratuito para creches

Publicada em 30/08/2009 às 22:36 | por Voto Consciente Jundiai

PROJETO REJEITADO

25/8/2009

FABIANO MAIA Transportadores escolares levaram faixas na Câmara para pedir rejeição do projeto de lei

Transportadores escolares levaram faixas na Câmara para pedir rejeição do projeto de lei

A Câmara de Jundiaí negou ontem (25) a concessão de transporte gratuito para alunos de zero a seis anos de idade que frequentam creches e escolas públicas no município. O projeto de lei 10.188/2009, de autoria do vereador Durval Orlato (PT), que previa o transporte gratuito, foi rejeitado por 13 votos contrários e um a favor, do autor da proposta. Sua colega de bancada, Marilena Negro (PT), não estava no plenário no momento da votação.

O projeto estava em trâmite no Legislativo jundiaiense desde abril e teve a votação adiada em duas ocasiões – a última delas por solicitação do Sindicato dos Transportadores Escolares de Jundiaí e Região (Sintrejur).

A pressão dos sindicalistas voltou a motivar a decisão ontem, quando cerca de 20 transportadores escolares acompanharam a votação carregando faixas com dizeres contrários à aprovação do projeto. Eles alegaram que o serviço gratuito iria prejudicar cerca de 400 pessoas que trabalham nesta área.

A sessão chegou a ser suspensa por alguns minutos para que a bancada governista discutisse o projeto a portas fechadas, no gabinete do presidente da Câmara, José Galvão de Braga Campos, o Tico (PSDB). “Só fomos contrários à proposta porque não tivemos tempo de analisá-la”, disse Moacir Biazin, presidente do Sintrejur.

No sábado, representantes do sindicato participaram de reunião com o vereador para definir eventuais alterações à proposta e evitar possíveis prejuízos aos trabalhadores.
“Não entendi essa manifestação contrária e as faixas criticando a aprovação do projeto”, disse o vereador . “Talvez tenha sido motivação política, já que ele foi candidato por um partido que apoia o governo”, afirmou Orlato.

Biazin foi candidato a vereador pelo PP no ano passado e teve cerca de mil votos. “Não teve nada a ver com política. Acho que prevaleceu a consciência de cada vereador”, afirmou o sindicalista.

O vereador petista disse que pretende orientar os pais que necessitam do transporte gratuito para recorreram ao poder Judiciário para conseguir o serviço para as crianças do município. “A Câmara perdeu uma excelente oportunidade de dar uma contribuição para a cidade”, disse o petista, no plenário.

ELTON FERNANDES
Notícias relacionadas:

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/camara-nega-transporte-gratuito-para-creches/