Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

CARTA DE PRINCÍPIOS ÉTICO-POLÍTICOS DO MOVIMENTO VOTO CONSCIENTE JUNDIAÍ

I – PRINCÍPIOS GERAIS

1. Estimular a diversidade e a pluralidade nos processos de participação social, de fiscalização e de educação para a cidadania, inclusive promovendo a diversidade de voluntários no movimento;

2. Estimular a reflexão sobre identidade, cidadania e gestão pública através de espaços que promovam o empoderamento  do cidadão;

3. Valorizar a inovação e criatividade como fatores de desenvolvimento e aperfeiçoamento das práticas políticas e sociais;

4. Fomentar a cultura da transparência;

5. Promover a ideia de pertencimento comunitário e reconhecimento como jundiaiense;

6. Atuação em rede: o MVC buscará sempre parcerias para suas ações de forma a fortalecer o tecido social e a potencialização de coletivos e organizações estabelecidos na cidade, apoiando ainda a criação de novas organizações, movimentos ou coletivos que tenham como missão a promoção e defesa de direitos.

 

2 – PRINCÍPIOS DO EIXO GESTÃO E TOMADA DE DECISÃO

  1. Horizontalidade, dinamismo e fluidez: a gestão do MVC deverá respeitar os contextos e recursos disponíveis em cada tempo, bem como oportunizar a todos os voluntários a possibilidade de se apropriar das  diversas atividades e áreas do movimento, de forma a democratizar as decisões, minimizar a divisão de trabalho e maximizar os recursos;
  2. Deliberações estratégicas (não operacionais) serão realizadas em espaços oficializados e pré-organizados pelos voluntários, a fim de estabelecer espaço de preparo e democracia da discussão, sem prejuízo para que assuntos possam ser pautados para serem qualificados e coletivizados em outros meios de comunicação, inclusive digital;
  3. Flexibilidade: o MVC poderá criar novas ações e estruturas, desde que respeitadas a missão e princípios desta carta, possibilitando ao voluntário a opção de atividades que melhor se adequem a seu perfil e disponibilidade.

 

3 – PRINCÍPIOS DO EIXO COMUNICAÇÃO E POSTURA DO VOLUNTÁRIO

  1. Espera-se da conduta do voluntario empatia, acolhimento, abertura ao diálogo e comunicação não violenta, ou seja, pela escuta ativa, o respeito a opiniões divergentes e a promoção da conexão
  2. Comprometimento do voluntário com a conclusão das ações nas quais se envolveu e com a troca de conhecimento sobre os processos e atividades, especialmente nas situações de transição;
  3. É vedado ao voluntario fazer uso indevido de sua condição de voluntário, seja pelo uso indevido da imagem e credibilidade do MVC, seja das informações decorrentes das atividades do MVC ou pela instrumentalização do MVC para fim de autopromoção, devendo observar, nas hipóteses de vinculação direta da imagem do voluntário às atividades do MVC, especial cuidado ao  princípio do apartidarismo;
  4. Responsabilização do voluntário que não observar/respeitar os princípios e condutas estabelecidas nesta carta de princípios.

 

4 – PRINCÍPIOS DO EIXO EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

1 . Contextualização das oficinas de educação para a cidadania a partir das características do público envolvido;

2. Oferecer encontros que sejam focados no diálogo e não em um conteúdo específico programado.