Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Depois das críticas, mais projetos

Publicada em 15/03/2009 às 11:12 | por Voto Consciente Jundiai

ASSISTÊNCIA SOCIAL

15/3/2009

CRISTINA HAUTZ A secretária de Integração Social pretende reformular a sede atual e realizar projetos para moradores de rua

A secretária de Integração Social pretende reformular a sede atual e realizar projetos para moradores de rua

O início dos trabalhos de Aparecida Mazolla, a Cidinha, à frente da Secretaria Municipal de Integração Social (Semis) foi um tanto turbulento. Um grupo de assistentes sociais da cidade se manifestou contrário à nomeação do prefeito Miguel Haddad (PSDB). Poucos meses depois da nomeação, Cidinha já teve um projeto aprovado pelos vereadores da Câmara de Jundiaí para regular o atendimento a moradores de rua da cidade.

Agora, a Secretaria já prepara uma parceria com o Estado para favorecer idosos de Jundiaí chamada ‘Futuridade’. Confira mais projetos da pasta em entrevista exclusiva de Aparecida Mazzola ao JJ Regional.

JJ Regional – Logo que a senhora foi nomeada, houve manifestações contrárias de grupo de assistentes sociais, que não acreditava na sua aptidão técnica. Como esse fato foi recebido pela senhora?
Aparecida Mazzola (Cidinha) – Houve um movimento para que o prefeito desse esclarecimentos sobre minha nomeação. Eu acredito que não conheciam o meu trabalho, pelo fato de eu trabalhar sempre na área jurídica. Mas, as pessoas já foram recebidas, conversamos e nos entendemos. Nós mostramos nosso plano de trabalho, nossa disposição de diálogo para ouvir as sugestões. É um direito dos cidadãos fazer críticas, desde que já haja um trabalho para ser apreciado. Não tinha dado nem tempo, eu havia acabado de ser nomeada. Em contrapartida, eu tenho recebido o apoio de segmentos importantes da comunidade.

JJ – Como vai ser o projeto apresentado na Câmara para os moradores de rua?
Cidinha – Já tínhamos um trabalho desenvolvido. Agora, estamos estabelecendo diretrizes e também criando um grupo de trabalho multidisciplinar que envolve o Poder Judiciário. polícias, Guarda Municipal e entidades. O problema do atendimento à população de rua não é só de assistência social, nem só de polícia. Envolve saúde, trânsito… Estamos fazendo diversas reuniões. No próximo encontro, cada setor indicará um representante que integrará o grupo de trabalho.

JJ – E sobre a campanha de combate à esmola?
Cidinha – O objetivo é conscientizar para que as pessoas colaborem com as entidades. A população de rua vem de outras cidades por existir uma cultura de que o jundiaiense é caridoso. Mas, não basta dar dinheiro, porque na maioria das vezes o dinheiro é usado para comprar drogas e para outras atividades ilícitas. Não é para alimentação.

JJ – Com o aparente sucesso do projeto “Condomínio dos Idosos” há previsão para ampliação?
Cidinha – Sim, há intenção do prefeito criar mais dois condomínios, até o final da gestão, em outros pontos da cidade.

JJ – Qual o anúncio com a visita do secretário de Assistência e Desenvolvimento Social do Estado, Rogério Amato?
Cidinha – Pretendemos lançar um projeto do Estado chamado Futuridade, que consiste em uma gama de projetos voltados aos idosos, na parte de cultura e lazer. Será útil para incrementar ainda mais o trabalho que já fazemos com os idosos.

THIAGO GODINHO

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/depois-das-criticas-mais-projetos/