Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Diretório Regional de Várzea sem dono

Publicada em 06/11/2009 às 13:55 | por Voto Consciente Jundiai

> PSDB
6/11/2009

ALEXANDRE MARTINS
Clemente de Almeida:
“Não houve motivação”
O Diretório Estadual do PSDB decidiu não prorrogar o mandato do Diretório Municipal de Várzea Paulista, então comandado pelo ex-deputado e ex-prefeito do município, Clemente Manoel de Almeida. Uma comissão provisória será montada nas próximas semanas para definir as diretrizes da legenda. O partido está sem dirigente oficial no momento na cidade. As mudanças no diretório do PSDB de Várzea foram confirmadas, ontem à noite, pelo secretário-geral da Executiva Estadual da legenda, César Gontijo. Segundo ele, a cidade não teve o desempenho desejado nas eleições de 2008.

“De um a dez, o desempenho de Várzea foi um, pois não lançou candidato a prefeito e não elegeu vereador. Com isso, o mandato do diretório não foi renovado. Não cabe a nós julgar. O partido terá de ser reestruturado respeitando-se, inclusive, os atuais companheiros”, diz Gontijo. Até o momento, o comando do PSDB de Várzea Paulista está sob responsabilidade do coordenador regional, André Benassi. O ex-deputado e ex-prefeito de Jundiaí confirmou, ontem, as mudanças, mas explicou que não tinha mais detalhes. “O partido foi dissolvido. O diretório tem a premissa de lançar candidatos e parece que em Várzea não houve empenho para isso”, disse Benassi.

Surpreso – O ex-responsável pelo PSDB de Várzea, Clemente Manoel de Almeida, afirmou, ontem, que não tinha sido comunicado sobre a mudança. “As pessoas que me acompanham também não ficaram sabendo de nada oficialmente. Não houve nenhum desacordo com a doutrina do PSDB, nenhuma motivação para isso”, declarou. Clemente foi o fundador do PSDB em Várzea, na década de 1990, além de ter sido o primeiro presidente da sigla local. Durante anos – o que inclui a época em que concorreu a Prefeitura de Jundiaí – foi filiado ao PMDB. Ele voltou ao grupo tucano no ano passado, às vésperas da eleição. “Como não havia tempo suficiente, foi acertado que não lançaríamos candidatos.

Até porque um partido não é feito apenas para lançar candidatos”, explicou. Segundo ele, o PSDB varzino já se preparava para o pleito de 2012. O nome do próprio Clemente estava cotado para disputar o Executivo. Em Várzea, o PSDB é um dos partidos com mais filiados – cerca de mil. “Estávamos reestruturando o PSDB e criando uma chapa forte.” Perguntado sobre a não comunicação oficial das mudanças a Clemente, o secretário-geral do PSDB no Estado disse que a conduta já era prevista. “Esse critério de desempenho existe há mais de um ano. A não prorrogação do mandato dos diretórios municipais ocorreu em 72 cidades”, afirmou Gontijo.

Possível nome – Um dos possíveis nomes para assumir a comissão provisória do PSDB de Várzea é o do empresário Ernesto Francisco Musselli Neto. Ontem, ele confirmou ao JJ Regional que iria comandar a comissão provisória da legenda. “Estou assumindo a presidência do partido em Várzea. O PSDB daqui estava meio parado e acabou enfraquecido”, avaliou Neto. No entanto, o secretário-geral da Executiva Estadual do PSDB afirmou que ainda não existe uma definição sobre o novo responsável pelo partido naquela cidade. “Ele (Neto) é um possível candidato à presidência da comissão provisória. Mas ainda não foram definidos os detalhes. Isso deve ocorrer nas próximas reuniões”, disse Gontijo.

A escolha do nome do empresário já gera polêmica nos bastidores. Neto é proprietário há seis anos de um jornal semanal em Várzea. Para Clemente, o novo cenário político faz com que o município fique sem oposição. “O partido foi entregue para o grupo que está no poder. É tudo uma coisa só.” Porem, Neto defende que trabalho e política andarão separadamente, mas assume que inicialmente não haverá oposição ao prefeito Eduardo Pereira (PT). “Não seremos oposição de nada. Defenderemos o que for melhor para a cidade.”

Neto aponta que o jornal atende outros municípios, entre os quais Campo Limpo Paulista e Jarinu, seja no Executivo ou no Legislativo. “Não quero misturar trabalho com política. Sou um trabalhador, tenho um comércio. Não tenho problemas de relacionamento com o prefeito Eduardo.” O prefeito de Várzea, Eduardo Pereira (PT), afirmou, por meio da assessoria, que não se manifestaria sobre o caso.

DA REPORTAGEM LOCAL

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/diretorio-regional-de-varzea-sem-dono/