Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

‘Estréia’ verde na pauta / Em pauta, discussão sobre ‘Porco à Paraguaia’

Publicada em 09/03/2009 às 11:28 | por Voto Consciente Jundiai

PROJETOS

7/3/2009

Depois de uma verdadeira ‘limpeza de gaveta’ proporcionada pelo presidente da Câmara de Jundiaí, José Galvão Braga Campos, o Tico (PSDB), a sessão ordinária da próxima terça-feira começa a revelar o trabalho dos vereadores dessa nova legislatura.
Se, em sessões passadas, somente eram apreciados antigos projetos ainda do ex-prefeito Ary Fossen (PSDB), a pauta do dia 10 já traz iniciativas de Leandro Palmarine, do ‘Bicho Legal’, e Sílvio Ermani – ambos do PV.

A proposta de Leandro é direcionada a seu maior atrativo de votos nas eleições do ano passado: os animais. De acordo com o projeto de lei, passará a ser exigido do revendedor de produtos potencialmente tóxicos para animais o cadastro de operação de revenda. Aos infratores da exigência seria cobrada multa de R$ 100. O vereador justifica a proposta “à grande quantidade de casos envolvendo envenenamento de animais”.

O projeto de Ermani é mais pontual. Visa proibir corte de árvore ‘eritrina’ (espécie rara)localizada na avenida Osmundo dos Santos Pellegrine, no Jardim Paraíso.

fonte: JJ
____________________________________________________________________
SESSÃO ORDINÁRIA

7/3/2009

Dos dez itens da pauta na sessão ordinária da próxima terça-feira, na Câmara de Jundiaí, dois projetos de lei de autoria do vereador Júlio César de Oliveira, o Julião (PSDB), instituem festas de bairros no Calendário Municipal de Eventos. Caso haja aprovação, vão ser beneficiados o almoço “Porco à Paraguaia”, promovido pela Paróquia Beato Frederico Ozanan, no Parque do Colégio, e também a Festa em Louvor a São Vicente de Paulo, organizada pela mesma paróquia.

Pedido – Apesar de soar como inusitada, a discussão na Câmara deve ser feita a pedido da comunidade, segundo o tucano autor dos projetos. “São festas que congregam a família e têm de passar por um trâmite para chegarem ao Calendário de Eventos”, justifica. Se houver aprovação da Câmara, os eventos da paróquia estarão aptos a receber apoio da Prefeitura de Jundiaí em divulgação e estrutura.

“Existe um regramento para que as festas passem a compor este calendário. Tem de existir, por exemplo há pelo menos dois anos”, explica Julião. “Jundiaí é um lugar privilegiado, onde temos uma festa para ir todo final de semana sem repetir. Isso é importante.”

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/estreia-verde-na-pauta-em-pauta-discussao-sobre-porco-a-paraguaia/