Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Governador do Estado garante ambulatório e nega hospital regional

Publicada em 25/10/2009 às 11:13 | por Voto Consciente Jundiai

Conselheiros de saúde afirmam que vão recolocar o tema em pauta
24/10/2009
José Arnaldo de Oliveira
Agência BOM DIA

A abertura do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), na rua Rangel Pestana, Centro, foi garantida na sexta-feira para o começo de 2010 pelo governador José Serra. Mas ele lavou as mãos sobre a questão do Hospital Regional, que funcionaria na antiga Casa de Saúde. “Jamais prometi nada”, disse.

Serra explicou que “estamos apoiando a prefeitura, mas esse problema não depende do Estado, e tem ainda a dívida do INSS.”

Miguel Haddad herdou da administração Ary Fossen essa questão em aberto e concordou que a situação é muito complicada.

Por parte do governo municipal, o Plano Plurianual 2010-2013 não prevê recursos para o projeto, considerado, depois da desapropriação, um assunto estadual.

Para Ary, o processo é longo. “O Poupatempo foi anunciado aqui mesmo há 2 anos. O hospital demora porque precisa ter alta complexidade, com reformas e equipamentos de primeira”.

“Ficamos perplexos”, afirma Agostinho Moretti, do Conselho Gestor do Hospital São Vicente, que conseguiu subir ao palco e conversar com Serra na sexta-feira.

Serão 40 mil consultas por mês
No início de 2010, Jundiaí contará com o AME, que poderá chegar a 25 mil consultas e até 40 mil exames por mês. Essa foi a previsão do governador para o local que vai funcionar perto da sede do BOM DIA.

“Vamos reduzir muito esse gargalo no serviço de saúde, pois a espera de meses é um absurdo. Sempre temos uma parceria”, explicou. Ajudado por Miguel, lembrou que em Jundiaí esse parceiro será a Unicamp.

Serra definiu o AME como um conjunto de consultórios com 20 a 30 especialidades diferentes, além da realização de exames e até de pequenas cirurgias.

Correndo atrás
Mas o governador também disse que as providências nesse setor são diferentes de inovações como o Poupatempo. “Para documentos a demanda é mais fixa, dá para prever o fluxo necessário. Na saúde é diferente, porque quanto mais aumenta a oferta também aumentar a demanda.”

E o CDP?
Serra não soube precisar quando o Centro de Detenção Provisória do Tijuco Preto poderá entrar em funcionamento, mas diz que espera que seja entre março de abril do ano que vem.

E criticou: “Todo mundo acha importante ter o CDP, desde que seja na cidade vizinha. Aqui é igual, muita gente fazendo alarde. Temos dinheiro, mas não conseguimos avançar com as obras”, comentou o governador, na inauguração do Poupatempo.

Ele refere-se a decisões judiciais que paralisaram a obra durante cerca de dois há anos.

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/governador-do-estado-garante-ambulatorio-e-nega-hospital-regional/