Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Jundiaí, o teatro e a não censura

Publicada em 09/03/2013 às 14:55 | por Mariana Benatti

censura

em são paulo uma peça de teatro foi censurada e sua realização impedida.
no rio de janeiro artistas foram proibidos de realizar uma performance na inauguração do novo museu (MAR).

em jundiaí, no meu ponto de vista, a situação é mais grave:
não há censura, não há impedimento
porque
não há o que impedir, não há nada que incomode.

há tempos a singularidade dos artistas da cidade (pessoas que eu tenho um imenso respeito ) está sendo sufocada, enterrada por falta de incentivo público e privado.

a possibilidade de um investimento em um projeto sério, que avance na direção de pesquisas das diferentes linguagens do grupos locais está sendo trocada por “eventos” em que a roda rode, o entretenimento role solto e o bolso se acalme com 300 conto aqui e ali .

insisto: jundiaí tem um leque muito grande de possibilidades artísticas e é necessário um apoio neste sentido.

as manifestações artísticas da cidade se resumem a passeatas e desfiles no centro reivindicando ou comemorando sei lá o que.

aos poucos, quase sem perceber, os grupos estão conduzindo suas mãos para a própria boca e tapando suas vozes.

e são bocas que tem muito o que dizer.

 

(texto de autoria de José Renato Forner, ator e diretor jundiaiense – https://www.facebook.com/renatoforner -, que me autorizou a publicá-lo; peço aos leitores licença de lerem um texto de outra pessoa, pela relevância do assunto e porque concordo com sua posição)

Avatar

Leia mais sobre Outros

2 respostas para “Jundiaí, o teatro e a não censura”

  1. Avatar Marília disse:

    Ele está coberto de razão na crítica que faz. Concordo com cada palavra. Mas coloco uma questão que acho muito importante: diversos artistas que estão sendo calados pela dinâmica estabelecida poderiam freqüentar e participar da Comissão de Teatro. A comissão é uma conquista nossa que está bastante enfraquecida justamente por nao ser usada pelos artistas. Muitos nao a procuram pq sabem que lá nao há espaço para oportunismos. Mas muitos não vão pq talvez pensem que a comissão segue a mesma lógica criticada neste texto. Faço parte da comissão e digo que precisamos destes artistas conscientes e desejosos de dias melhores. Precisamos deles pq sem eles, tudo o que pensamos, lutamos perde força, já que somos poucos. Nossa frustração é ainda maior. Ainda estamos aqui, falando. Mas quase ninguém nos escuta. E pior: muitos oportunistas nos consideram uma pedra no sapato. Queremos que as coisas funcionem de uma forma oficial e democrática. Queremos ter orgulho da nossos produção e dos processos de seleção, dos nossos editais, da nossa divulgacao. Ainda nao nos emudecemos. Mas falta pouco. Somos voluntários em uma causa onde poucos querem de fato mergulhar.

  2. Avatar Nikolas Schiozer disse:

    Mariana, que ações o poder público poderia tomar para colaborar com os artistas da cidade? Eu conheço pouco sobre o tema e pelo texto parece que a política de cultura da cidade ou não existe ou é falha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/jundiai-o-teatro-e-a-nao-censura/