Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Jundiaienses inauguram 1o. bicicletário e indicam 107 pontos de instalação

Publicada em 14/12/2014 às 14:56 | por Henrique Parra Parra Filho
10850601_10203100986873012_1935841375_n

foto: Gustavo Koch

Ontem, sob uma chuva fraca, um grupo de jundiaienses fez a inauguração simbólica do 1o. bicicletário público do centro da cidade. Esta ideia nasceu simples, com a vontade de dois jundiaienses (Nikolas e eu) de instalar por conta um bicicletário no centro. Mostrar como é algo barato e simples e, quem sabe, contagiar a Câmara, a Prefeitura, os comerciantes, outros jundiaienses. Criar um movimento espontâneo para adaptarmos nossa cidade aos ciclistas que já existem e também estimular esse meio de transporte que, combinado ao ônibus, pode nos libertar dos congestionamentos dos carros individuais.

E está dando certo! Em menos de 2 dias, cem pessoas responderam uma pesquisa online indicando os locais do centro em que gostariam que o bicicletário fosse instalado! Em 14 dias, 36 pessoas colocaram a mão no bolso e doaram R$ 2.050. Resultado: ontem firmamos a doação de 18 bicicletários para a Prefeitura e pedimos publicamente que nos autorizem a instalá-los.

Captura de Tela 2014-12-14 às 14.52.35Mas o movimento realmente está contagiando a cidade. A Associação Comercial abraçou a ideia e ajudou a transformá-la em uma grande campanha. Apoiará com R$ 15 mil para a produção de mais de uma centena de bicicletários e, com isso, conseguiremos equipar todo o centro da cidade, além de todos os terminais de ônibus do SITU. Com isso, faremos a primeira ação verdadeiramente intermodal da cidade. O que é isso? É quando conseguimos integrar mais de um modo de transporte para construir um sistema mais eficiente. Com os bicicletários nos terminais, as pessoas poderão ir de suas casas até os terminais pedalando e depois usar os ônibus. Será uma ótima alternativa para quem faz trajetos mais longos e não aguenta ficar esperando o ônibus do bairro (que passa bem menos, em especial aos finais de semana, feriados e horários fora do pico).

E se a Prefeitura implementasse as 16 faixas de ônibus que sugerimos heim? Ficaria uma beleza! Pedalar até o terminal, deixar no bicicletário com segurança e depois curtir as faixas para chegar rápido no trabalho! Carro para quê em uma cidade assim?

Mas voltando aos bicicletários: hoje completamos 1 mês de campanha. Foi o tempo necessário para firmar parcerias, reconhecer a importância do tema e abrir um diálogo com a Prefeitura. Agora, precisamos avançar. As mudanças esperam há anos e chegaram para ficar.

Neste primeiro momento, compreendemos que a Prefeitura precisava de mais tempo pois há trâmites legais a serem cumpridos. Um termo de doação precisa ser feito e assinado, além da cuidadosa indicação dos locais para instalação de cada bicicletário, respeitando outras normas e questões de patrimônio, ambientais etc. Por isso, aceitamos realizar uma inauguração apenas simbólica (retirando ao fim) e apenas no local autorizado (em frente à Câmara e não na Praça da Matriz como queríamos). Fizemos isso com a clareza de que a campanha cresceu e não podemos ameaçar a instalação dos 120 bicicletários por causa do primeiro. Mas tampouco aceitamos o pedido da Prefeitura de adiarmos a inauguração, pois a alma desta ideia é a leveza e a força do “fazer acontecer”.

Há de se tomar um cuidado essencial no fazer público: não matar a criança de fome enquanto se prepara a comida. Largando a metáfora agora: não adianta ficar apenas conversando com a burocracia e deixar a expectativa e o movimento social de lado, sem conversar, sem novidades, frustrado.

Não cometeremos este erro. Não há radicalismo em nossa ação. Mas há uma profunda convicção. Convicção de que estes bicicletários mudarão a forma como a cidade entende as bicicletas e poderá abrir uma profunda agenda de mudanças na mobilidade em Jundiaí.

Cumprimos o que acordamos com a Prefeitura à risca ontem. E seguiremos em um diálogo transparente e franco. Além de doar esta centena de bicicletários e nos comprometer com a instalação, se for necessário, também indicamos 107 pontos de instalação para que haja uma análise e definição.

Captura de Tela 2014-12-14 às 14.10.19Pedimos que o termo de doação seja escrito para que possamos assinar e que os próximos 30 dias sejam de um grande esforço, indicando ao menos os 30 primeiros pontos no centro. Se esta meta não for cumprida, pedimos então a compreensão de nos deixar realizar a instalação. Se isso não for possível, já está programada a instalação definitiva do primeiro bicicletário. Será no Paço. Afinal, na sempre dialógica relação Sociedade-Estado, faz bem a todos que haja compreensão, colaboração e….um pouquinho de tensão! 😉

Avatar

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/jundiaienses-inauguram-1o-bicicletario-e-indicam-107-pontos-de-instalacao/