Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Miguel promete acelerar

Publicada em 06/12/2009 às 15:58 | por Voto Consciente Jundiai

>FUTURO

6/12/2009

MATEUS VIEIRA Para Miguel, 2009 foi um ano de adaptação. Ele assumiu enfrentando diversos processos políticos, hoje revertidos

Para Miguel, 2009 foi um ano de adaptação. Ele assumiu enfrentando diversos processos políticos, hoje revertidos

Saúde, Educação e Transporte Público são as áreas que vão concentrar mais atenção do prefeito Miguel Haddad (PSDB) em 2010. Em entrevista ao JJ Regional horas antes de partir para a França, na última quarta-feira, onde foi conhecer o sistema de transporte ferroviário, o tucano fez um balanço do primeiro ano do terceiro mandato como prefeito. Miguel assumiu a Prefeitura enquanto enfrentava seis processos que pediam sua cassação. Chegou a ficar, junto com o vice Luiz Fernando Machado, horas afastado do 8º andar do Paço Municipal. Por fim, obteve vitórias, por unanimidade, na maior parte dos casos. Para o prefeito, a administração ganha velocidade a partir de janeiro. “É natural que os secretários, novatos e reconduzidos, tenham um tempo para adaptação.”

Nesta entrevista, ele fala sobre a parceria para implantação do trem leve sobre trilhos entre Jundiaí e Campo Limpo Paulista, obras, Hospital Regional. E avisa: “Já pedimos oficialmente ao secretário de Segurança Pública que, assim que o CDP (Centro de Detenção Provisória) for entregue, o cadeião no Anhangabaú seja desativado e o prédio passe ao município.” Acompanhe:

JJ Regional – Como avalia este ano?
Miguel Haddad – Começamos um ano com orçamento que não fomos nós que desenvolvemos. Há um processo natural de adaptação dos secretários, mesmo aqueles que foram reconduzidos, a um novo conceito de gestão. O primeiro ano é sempre um ano em que você tem estas acomodações. Minha avaliação é que tivemos um ano positivo, mas acredito que é a população quem deve fazer esta análise. No ano que vem poderemos inclusive ter uma maior velocidade. Os secretários estão comprometidos, envolvidos.

JJ – Quais são os desafios para 2010?
Miguel – Há vários desafios. A segurança, por exemplo, é sempre um tema que preocupa a população, mas que não é um tema apenas municipal. Na Saúde, Transporte Público e Educação há discussões importantes. A questão social é importante. Na Saúde, tivemos avanços. No Transportes, houve pequenas mudanças, mas temos muito a avançar. Em Educação há uma série de inovações que serão implantadas no ano que vem.

JJ – Como ficará a questão do Hospital Regional?
Miguel – Vou ter uma reunião com o secretário Luiz Roberto Barradas Barata (Saúde), ainda este mês, sobre o Hospital Regional. Vamos discutir uma nova proposta. Temos uma proposta parcial. Esta é uma das ideias. Implantaríamos de acordo com a demanda e a prioridade. Não iniciaríamos o hospital na sua totalidade, mas por áreas. E continuamos na Casa de Saúde. É lógico que algumas coisas não têm jeito. Você tem que realizá-las para um hospital como um todo, como o centro cirúrgico, por exemplo. Em outras é possível ir reformando, de acordo com a demanda.

JJ – E a obra da 9 de Julho?
Miguel – A 9 de Julho está aí. As obras estão caminhando. Estavam em um ritmo melhor, nos últimos dias tivemos uma queda em função de alguns projetos e agora devem voltar ao ritmo normal. As chuvas intensas e intempestivas também atrapalham.

JJ – E quanto à segurança?
Miguel – Estamos com dinheiro do município e do Pronasci também, que veio do Governo Federal. Estes recursos serão investidos agora na Guarda Municipal. Também já estive na Secretaria de Segurança Pública e na Administração Penitenciária e solicitei para que, assim for iniciado o CDP, seja desativado o cadeião. Temos o compromisso formal do secretário de que o cadeião será desativado. E mais do que isso: pedimos que o prédio venha para o município. Mas ainda não sabemos o que deverá ser ali.

JJ – O setor de Transportes é sempre um gargalo. O que planeja?
Miguel – Tenho ido pessoalmente aos terminais. Fui ao Eloy Chaves recentemente. Visitei pessoalmente as universidades e conversei com os estudantes. No transporte municipal temos algumas ações: ônibus articulados, troca da frota, a implantação do GPS nos veículos. Venho conversando com o Portella (Luiz Portella, secretário de Transportes Metropolitanos) sobre investimentos no transporte público. O Governo Estadual também tem feito investimentos importantes na ferrovia. E nós estávamos querendo interligar o sistema municipal ao sistema ferroviário. Começamos a discutir um trem leve sobre trilhos, não dentro da cidade de Jundiaí, mas entre Jundiaí e Campo Limpo. Sem trânsito, as pessoas saberiam o momento em que sai o trem e o momento em que chega. A gente fala de ´Metrô Leve´ e o pessoal pensa em algo subterrâneo, mas não é isso. Começamos a nos movimentar e o governo francês nos convidou porque tem tecnologia e há empresas francesas interessadas no projeto. Há a possibilidade de financiamento com recursos do governo francês, mas não sabemos se vão se concretizar. Meu interesse é conhecer a operação tal como fiz indo até a CET, há dois anos, para conhecer o conhecer o GPS. Claro que já conheço este sistema, mas queria conhecer a operação, os resultados e os ganhos efetivos.

JJ – Como avalia os processos eleitorais? Eles afetaram o andamento do Executivo este ano?
Miguel – Eleição se ganha nas urnas, no voto. E mais do que o processo eleitoral estão os interesses do povo. Tivemos um embate até o dia 5 de outubro que ultrapassou os limites do processo eleitoral. Este inconformismo e esta tentativa de processo deram visibilidade muito ruim para a cidade. Ultrapassou inclusive a imagem do prefeito, porque desgastou a imagem da cidade. E o que se confirmou hoje? Que nenhuma das ações tinha fundamento. Não havia nenhuma base legal para os processos. Usaram o Poder Judiciário para um processo político-eleitoral. O resultado não me surpreende. Era o que imaginávamos. Trouxe desconforto e não foi bom para a imagem da cidade.

ROBERTA BORGES

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/miguel-promete-acelerar/