Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Na Região, são eles que dão as cartas

Publicada em 15/11/2009 às 11:49 | por Voto Consciente Jundiai

> LÍDERES
15/11/2009

FABIANO MAIA
As decisões que norteiam os rumos políticos da Região de Jundiaí – seja em disputas pelo Executivo, Legislativo, Assembleia ou Câmara Federal – são guiadas por nomes que, com ou sem mandato atual, indicam os caminhos a serem seguidos. Eles batalham para fortalecer a legenda e costurar candidaturas para 2010.

O ex-prefeito e ex-deputado federal de Jundiaí, André Benassi, é, como coordenador regional do PSDB e fundador da sigla na cidade, um deles. Ari Castro, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, também. Ari tem em mãos um dos partidos com mais filiados no município (são mais de 2 mil), além de dois vereadores filiados ao PTB. No Partido dos Trabalhadores, o prefeito reeleito de Várzea Paulista, Eduardo Tadeu Pereira, é o articulador da legenda do presidente Lula na Região. Já Pedro Bigardi, deputado estadual, aproveita o cargo para engatar o PCdoB, que já conquistou este ano mais um representante ilustre – o ex-vice-prefeito de Várzea, Júnior Aprilantti.

Eduardo Pereira alçou voos dentro do PT. Além de unir engajamento e uma trajetória de sucesso, o petista teve um ponto a seu favor: em Jundiaí, município vizinho e com milhares de eleitores a mais do que Várzea, o Partido dos Trabalhadores apresenta discretos rachas internos. O professor e prefeito acompanhou Lula em sua primeira campanha para governador do Estado, em 1982. Um ano depois, se filiou ao partido. Eduardo integra a Executiva Estadual do PT e a Coordenação de Prefeitos em São Paulo. No passado, também participou da Direção Nacional. “Sou um militante da causa. Com o passar dos anos, assumi um papel de articulação nacional e estadual”, afirma.

Eduardo estreou em campanha quando disputou, em 2004, a Prefeitura de Várzea. Ganhou e, no ano passado, foi reeleito com larga distância do segundo colocado. O petista é alvo de boatos sobre 2010: há quem jure que ele deixará o Executivo para arriscar o posto de deputado. Ele nega. “Quero terminar meu mandato como prefeito. Em 2010, vou ajudar a eleger a ministra Dilma (Rousseff) para presidente.”

Estrela
– Há mais de dois anos no PCdoB, o deputado estadual Pedro Bigardi conquistou respeito em todo o Estado. Ele já presidiu a legenda local, mas deixou o posto antes do pleito de 2008. Hoje, vive o segundo mandato na Direção Estadual do PCdoB e atua na comissão responsável por organizar as eleições de 2010. Como deputado, é líder da bancada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. “O mandato dá visibilidade e força ao política”, observa.

Este ano, o nome de Bigardi colaborou para atrair Júnior Aprilantti à legenda. Os dois devem formar uma dobradinha nas eleições do ano que vem. “Estou tentando ajudar a construir o partido na Região”, diz Bigardi, que já disputou quatro eleições para a Prefeitura de Jundiaí e fez mais de 50 mil votos na eleição que concorreu à Assembleia, em 2006. “Estou na minha melhor fase política.” A vontade de se reeleger é o foco do comunista, que ainda não pensa se tentará, novamente, chegar ao Executivo jundiaiense. “Esta decisão ficará para a frente.”

Cacique tucano – Fundador do PSDB de Jundiaí, em 1989, e coordenador regional dos tucanos, André Benassi não se declara um articulador – mas, nos bastidores, dizem que político não avança no partido sem seu apoio. “As pessoas pensam que as decisões passam por mim, mas não é assim”, desconversa. Duas vezes deputado federal e ex-prefeito, Benassi tem o dom de decidir o vaivém no PSDB de Jundiaí. Ele também gosta de disputar eleições, mas nega que a iniciativa parta dele. Em 2010, pode fazer campanha. “Se for indicado a concorrer, vou concorrer.” O Diretório Municipal, sob os olhos de Benassi, terá de coordenar uma disputa que já tem ao menos seis nomes. “Devemos sentar entre janeiro e fevereiro para decidir. Vamos trabalhar para chegar lá.”

Programa – Ari Castro é, há 15 anos, presidente do PTB de Jundiaí. Foi vereador por duas décadas, duas vezes secretário de Assuntos Parlamentares, assessor do prefeito Miguel Haddad (no primeiro mandato do tucano) e atualmente coordena a pasta de Desenvolvimento Econômico em Jundiaí. O partido tem o maior número de filiados na cidade – são 2,3 mil. A adesão, segundo ele, aumenta a cada ano. “Mantemos um programa de filiação anual. O partido tem de ir atrás da filiação e precisa fazer um trabalho em cima disso.”

Para 2010, o PTB une forças pela candidatura do vereador Enivaldo Ramos de Freitas (PTB), o Val, a deputado estadual. Já o vereador Marcelo Gastaldo pode sair para federal. Daqui a quatro anos, se o número de cadeiras na Câmara aumentar, Ari já planeja o reforço na quantidade de vereadores eleitos. “Trabalhamos para isso.”

ROBERTA BORGES

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/na-regiao-sao-eles-que-dao-as-cartas/