Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

“Não gosto de política”

Publicada em 14/05/2014 às 12:51 | por Ede Galileu

A um tempo atrás estava lendo uma reportagem no jornal, falando sobre o que os jovens acham da política, onde eles entrevistaram alguns entre 16 e 18 anos sobre o assunto.

O que me chamou a atenção foi umas fotos onde um deles dizia que estava ansioso pra começar a votar e já estava tirando seu título de eleitor, outro que iria tirar só por ser obrigatório e uma garota que disse simplesmente, não gosto de política…

Bom, eu não sou formado em ciências políticas nem em nada do tipo mas pelo pouco que eu conheço do assunto, é o mesmo que dizer, não gosto de arte. Gostar ou não gostar de política é absolutamente irrelevante, como irrelevante é gostar ou não gostar de inúmeras coisas indispensáveis à vida cotidiana no mundo em que vivemos.

Porque eu comparei com gostar de arte, bom, porque assim como política, é uma coisa natural do ser humano, acho praticamente impossível se viver sem ela, afinal, existe desde a pré-história, as pinturas rupestres nas cavernas de Lascaux e em outras provam isso. Deixe eu ser mais claro… Em primeiro lugar, não consigo acreditar que hoje em dia possa existir uma pessoa no mundo que não leia, consuma qualquer tipo de arte, e digo mais, duvido existir alguém que não faça algum tipo de arte.

A arte está na coreografia que o funcionário de uma linha de produção encontrou para produzir melhor, na assinatura criada para assinar cheques ou no ritmo simples criado quando estamos batendo uma caneta na mesa enquanto fazemos outra coisa.

Resumindo, gostar ou não gostar de política é absolutamente irrelevante, como irrelevante é gostar ou não gostar de inúmeras coisas indispensáveis à vida cotidiana no mundo em que vivemos, portanto, gostar ou não é uma questão apenas sensorial. Já o desinteressar-se é atitude moralmente irresponsável.

A nossa vida é movida por política, e quem não participa paga o preço de ser dominado por quem se interessa por ela. Tem gente que odeia política, talvez por não saber o significado sequer da palavra, muita gente associa política com política partidária. No entanto independente de gostar, ainda que apenas como eleitor, você tem imensa responsabilidade moral em relação ao seu voto, se você, como tantos, vota em qualquer um ou anula o voto, ou vota em alguém pensando no seu próprio interesse, não se surpreenda quando aquele em quem votou passar a cuidar do interesse dele mesmo. Tal conduta estará apenas reproduzindo a sua.

Aqui na cidade sempre ouço, quando vou chamar alguém pra participar das comissões e do conselho de cultura, coisas do tipo:

-“Já participei mas cansei, o pessoal lá tem medo de confrontar o poder público”

ou

-“Acho que isso não leva a nada, o pessoal do conselho tem interesses próprios”

ou ainda

-“São sempre os mesmos lá”

Então, sem entrar no mérito dos comentários, a questão é, como mudar isso, participando, ajudando a melhorar, a fiscalizar e a cobrar, o poder público trabalha pra gente e não o contrário, se não estamos felizes, podemos demiti-los, mas pra isso é preciso participação, coragem, dedicação e pulso firme.

A menos que esteja tudo ótimo…

 

 

Avatar
Últimos posts por Ede Galileu (exibir todos)

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/nao-gosto-de-politica/