Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Nova Câmara

Publicada em 18/02/2013 às 11:14 | por Rafael Alcadipani

Artigo originalmente publica no Jornal de Jundiaí

Os trabalhos do Legislativo Municipal começaram neste mês com uma Câmara bastante renovada. Nomes que figuraram anos a fio no legislativo municipal foram devidamente rejeitado pelos eleitores e edis novos estão em ação. Nos últimos anos, a cidade de Jundiaí assistiu passivamente a maioria de seus vereadores servirem de agentes passivos e subservientes ao poder Executivo. Como na grande maioria das cidades brasileiras, as benesses de ser governo em Jundiaí falaram muito mais alto para muito dos vereadores do que o interesse público.

A lógica era muito simples: em um país assolado pelo assistencialismo barato, se o vereador é do governo possui seus pedidos atendidos. A poda da árvore, o asfaltamento da rua e toda sorte de miudeza era conseguida pelo vereador para seus correligionários. Caso fosse contra o governo, sequer requerimento de informações do vereador para o Executivo eram aprovados.

O eleitor quis renovar a política na cidade de Jundiaí nas últimas eleições. Mandou para casa o então grupo do poder e elegeu novos vereadores. Mas, não podemos nos enganar. Alguns vereadores assistencialistas históricos foram reeleitos. Há caso de vereadores que passaram a eleição inteira do lado do PSDB que bastou a vitória de Bigardi ser anunciada para falar bem e defender o novo prefeito.

A eleição para Presidente da Câmara foi, mais um vez, rondada de mistérios e não se sabe ao certo quais foram os acordos políticos feitos e o que estava em jogo para se sentar na cadeira de presidente. Faltou um debate público. Figuras históricas e para lá de controversas seguem em diretorias importantes da casa. Diante disso, cabe a pergunta se renovamos de fato.

A ONG Voto Consciente tem feito um trabalho belíssimo de acompanhamento da Câmara e seu trabalho deve ser valorizado. A possível mudança do horário da sessão para a noite, a quase certa institucionalização da Tribuna Livre em mais do que justa homenagem a Erazê Martinho e a aprovação de requerimento de informações da bancada da atual oposição são lutas históricas que estão virando realidade.

Porém, o Legislativo da cidade precisa encarar de frente seus problemas e vicissitudes. Precisamos de uma Câmara independente. É fundamental renovar as principais diretorias da casa o quanto antes. É preciso agir contra projetos de lei irrelevantes e inconstitucionais e é fundamental agir contra o assistencialismo barato.

Precisamos de uma Câmara Municipal forte e independente, que fiscalize a sério o Executivo e não seja seu mero capacho. Para isso, o jundiaiense precisa cobrar mais.

598626_415227388549138_684314943_n

Avatar
Últimos posts por Rafael Alcadipani (exibir todos)

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/nova-camara-2/