Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Oposição quer mudar Regimento / Líder assumiu vaga de vereador cassado

Publicada em 15/05/2009 às 12:09 | por Voto Consciente Jundiai

VÁRZEA PAULISTA

14/5/2009

MATEUS VIEIRA SEM DISCUSSÃO 'Projeto não vai entrar do jeito que está', afirma presidente Nei Lumes (esq.)

SEM DISCUSSÃO ‘Projeto não vai entrar do jeito que está’, afirma presidente Nei Lumes (esq.)

Dois grupos de vereadores travam uma guerra política responsável por trancar a pauta da Câmara de Várzea Paulista há duas sessões ordinárias. Liderado por Silas Zafani (PTB), grupo de seis dos 11 parlamentares da cidade quer antecipar as eleições da Mesa Diretora correspondente ao biênio 2011/2012 para o próximo mês. De acordo com Regimento Interno do Legislativo, o pleito ocorreria apenas em dezembro do ano que vem.

Além do petebista, Silso das Neves (PRB), João Victor (PTdoB), Mauro Aparecido da Silva (PV), Ivan Sada (PPS) e Josué Ramiro (PR) assinaram protocolo para criação de projeto de resolução com o intuito de alterar as regras atuais. Eles defendem que a antecipação da escolha da Mesa e das Comissões Permanentes “ajudaria a manutenção da estabilidade política na Casa”. “Assim, poderia se fazer a transição dos cargos com tranquilidade sem as inúmeras interferências externas que existem”, afirma Mauro Aparecido.

Autor da iniciativa, o vereador do PV garante que não teve espaço para opinar nas últimas eleições da Mesa. “Não fui consultado para nada e passei a verificar um meio de procurar meu espaço”, argumenta. Zafani se baseia em artigos do próprio Regimento Interno que, segundo ele, garantiria a colocação da ideia em discussão no Plenário. “O projeto precisa ser lido no expediente, mas a Mesa atual está se recusando”, diz. Insatisfeito com esse comportamento, os parlamentares em maioria se recusam a votar os itens da ordem do dia enquanto a proposta não for à votação.

‘Golpe branco’ – O grupo de cinco vereadores contrários à antecipação das eleições é chefiado pelo atual presidente da Câmara, Claudinei Lumes (PT), e composto pelos também petistas Mauro Batista e Demércio de Almeida. Junto com eles estão Flávio Spinucci (PSDC) e João Marcos (PSL). Todos são da base de sustentação do prefeito Eduardo Pereira (PT) e consideram o projeto de resolução como ‘golpe branco’. “Pode ser usado como manobra para enfraquecer politicamente o atual presidente e até o prefeito”, justificou Demércio. “Acharam uma brecha para legislar em causa própria em busca apenas de poder.”

Lumes afirma que não colocará o projeto em discussão enquanto não receber um parecer jurídico sobre a proposta. “Como presidente, preciso tomar cuidado, pois é a instituição que está correndo riscos”, analisa. “O projeto não vai entrar do jeito que está.” Com todo o restante da pauta emperrado por conta do impasse, não há previsão da normalização dos trabalhos na Casa. “Faço um desafio a eles: se acham a mudança tão importante assim para a população, vamos convocar uma audiência pública para discutir então”, propôs Demércio.

O grupo dissidente, por sua vez, fez um manifesto dirigido à presidência citando “impossibilidade lógica e jurídica” de reabertura da última sessão ordinária que foi suspensa.

THIAGO GODINHO

fonte: JJ
____________________________________________________________________
GRUPO DISSIDENTE

14/5/2009

O líder da debandada do grupo aliado na Câmara de Várzea é Silas Zafani (PTB). Segundo o JJ Regional apurou, ele já teria cargo de presidente do Legislativo garantido caso as próximas eleições da Mesa Diretora fossem antecipadas. Os demais cargos já estariam distribuídos verbalmente entre os seis que compõem a maioria na Casa.

O petebista, porém, só assumiu cadeira como vereador, após recontagem de votos dos candidatos a vereador em Várzea Paulista, no ano passado. A juíza eleitoral, Flávia Cristina Campos Luders, cassou o registro do então candidato eleito, Jéferson Tocera (DEM), após representação do Ministério Público (MP), e publicou a nova configuração do Legislativo, com Zafani no lugar da vaga do democrata. Flávia considerou nula a votação recebida por Tocera por compra de votos na campanha.

Zafani também ganhou destaque na mídia após ter sido sequestrado em fevereiro do ano passado e permanecido 50 dias em cativeiro sob a ameaça de criminosos.

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/oposicao-quer-mudar-regimento-lider-assumiu-vaga-de-vereador-cassado/