Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Participação Popular e redes sociais – uma parceria que deu certo

Publicada em 03/05/2011 às 13:24 | por Simone Pligher

As notícias estampadas hoje nos jornais a respeito da manifestação popular contra o projeto de lei que autoriza o aumento do salário de vereadores em 62%, o veto do prefeito a esse mesmo projeto e o acolhimento do veto por parte dos vereadores, que ainda se manifestaram pela realização de consulta pública sobre o tema revelam que novos e bons ventos começaram a soprar na Terra Querida.

Considerando o clima de desencanto político que invariavelmente se manifesta na sociedade (para não dizer o verdadeiro asco que a maior parte das pessoas exprime em relação aos assuntos políticos) o que ocorreu hoje, com certeza, constitui-se como fato importante na história da cidade, pelo que não poderia me furtar a colaborar com esse movimento de grande relevância para o amadurecimento da cidadania jundiaiense, já que não me foi possível estar presente por compromissos de trabalho.

Ainda que estejamos muito distantes do ideal democrático ateniense, no qual as pessoas se reuniam em praça pública para discutir e decidir assuntos comunitários temos que pensar em alternativas que possam aprimorar os mecanismos de participação popular, sob pena de reduzirmos a democracia ao restrito exercício do direito (ou obrigação) ao voto, o que seria lamentável e perigoso, por constituir-se uma forma avessa e disfarçada de tirania (estou lendo “Ensaio sobre a Ludidez” de José Saramago, que trata exatamente dessa questão, recomendo).

Ainda que os mecanismos hoje vigentes tenham como efeito colateral manter os cidadãos alienados do poder político, além de criar uma profunda animosidade entre representantes e representados, não podemos nos furtar de tentar encontrar uma saída viável para a oxigenação da vida pública de forma a tornar efetivo e legítimo o sistema representativo.

Frisemos, ainda, que a insatisfação não provém somente da população, pois em artigo publicado no Jornal de Jundiaí na data de 20/02/2011 os vereadores da cidade exprimiram frustração quanto aos limites de suas atuações, decorrentes do sistema legal, da cultura do clientelismo e da falta de consciência política dos eleitores, ou seja, estamos vivendo um momento de crise que obrigará a uma revisão de paradigmas que venha a criar espaço para um avanço qualitativo do sistema representativo. Todos temos que fazer nossa lição de casa.

Obviamente tais questões não estão restritas ao âmbito municipal, mas é no Município que as pessoas vivem e, portanto, é onde se torna mais palpável a possibilidade de mudanças, tanto pela maior proximidade com o poder político como pela maior facilidade de mobilização, sendo importantíssima, nesse último aspecto, a utilização das redes sociais, como pudemos perceber no episódio de hoje. É muito mais fácil ir à Camara dos Vereadores do que à Câmara dos Deputados!

Contudo, a validação da mobilização popular não se esgota com a mudança de rumos na questão salarial do Poder Legislativo, devendo se estender a outras exigências como qualidade do trabalho e controle das atividades parlamentares, vindo a calhar a campanha da ONG Voto Consciente a respeito da cobrança de METAS LEGISLATIVAS como a criação de balanço mensal da atuação da Câmara, criação de Tribuna Livre, prestação de contas dos gastos individuais dos vereadores, divulgação das reuniões das comissões permanentes.

A participação da população, através das redes sociais, tem se revelado extremante importante como fortalecedora de mecanismos de expressão de uma opinião pública politicamente atuante, como meio de cobrança de uma imprensa independente, além de fortalecer os laços sociais hoje tão esgarçados pelo individualismo.

Simone Pligher

Leia mais sobre Outros

Uma resposta para “Participação Popular e redes sociais – uma parceria que deu certo”

  1. Simone, gosto muito deste tema e sua abordagem foi bem legal!! Acho mesmo que estamos olhando com carinho estes novos modelos de rede (descentralizadas e distribuídas) pela web e como uma organização social como a ONG Voto Consciente consegue participar e atuar nesses novos paradigmas.

    Aliamos um “Enxame” pelo #vetamiguel com uma Agenda propositiva de ciberativismo em torno de #metaslegislativas!

    Seguimos na reflexão e procure o livro “O Poder das Redes”! Vale a leitura!

    abraços do henrique

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/participacao-popular-e-redes-sociais-uma-parceria-que-deu-certo/