Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Partidos não convencem a juventude

Publicada em 04/01/2010 às 10:46 | por Voto Consciente Jundiai

>SEM IDEAIS POLÍTICOS

3/1/2010

FABIANO MAIA Jovens querem atuar, mas não escolhem a vida política

Jovens querem atuar, mas não escolhem a vida política

As atuais divisões ideológico-partidárias pouco importam. O mundo não está mais dividido pela Guerra Fria. Nem mesmo Fidel Castro consegue barrar um desejo de modernidade que sopra de sua ilha, por meio de blogs que atravessam o sistema para pedir um pouco mais de liberdade.

Os partidos brasileiros, que já representaram lados opostos e assinalavam posturas sociais e econômicas definidas, viraram um balaio de gato. Políticas neoliberais vigentes são entremeadas com o desejo da presença de um Estado forte. No toma-lá-dá-cá da corrupção não sobra ninguém.

Sem ter em quem se apegar, o jovem busca alternativas para se manifestar politicamente. O coordenador da ONG Voto Consciente, Henrique Parra Parra Filho, de 20 anos, afirma que há um grande desestímulo, pois a corrupção atinge a todos os partidos. “A juventude procura fazer política fora dos partidos, através de organizações não-governamentais”, analisa.

Esta alternativa, para ele, parece ser a mais lógica. “A própria linguagem política não é assimilada pelo jovem. As leis, a leitura da Imprensa Oficial e o Plano Diretor, por exemplo, são acessíveis para quem? Como participar de algo que não se entende?”, questiona. A própria ONG tem dificuldade de unir jovens para o acompanhamento das sessões semanais da Câmara.

“Ninguém se sente confortável com o modelo atual.” O apelo temático e a linguagem mais acessível são os diferenciais, segundo Parra Parra Filho, para atrair jovens aos movimentos sociais. “Eles querem atuar, mas desconfiando da política, procuram outros tipos de organizações”, diz.

Falta transparência – Parra Parra Filho é um defensor da TV Câmara, que deverá ser implantada em 2010. Para ele, quanto mais divulgação, maior a chance de adesões.
“Se você acompanhar o site da Câmara, percebe que não há nenhuma vontade em traduzir aquela linguagem e melhorar as ferramentas para os acessos. Tudo parece estar codificado e falta transparência no trato das informações públicas”, afirma o jovem.

ARIADNE GATTOLINI

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/partidos-nao-convencem-a-juventude/