Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

PDT se reúne hoje e quer nova postura na Câmara

Publicada em 05/03/2009 às 11:38 | por Voto Consciente Jundiai

Quinta-feira, 05 de março de 2009 01:46
Direção do partido espera pelo menos 30 filiados no Clube Ipiranga

Agência BOM DIA

Pelo menos 30 dos 400 filiados do PDT são esperados na reunião de hoje, às 19h30, no Clube Ipiranga, para discutir a postura do partido em relação à Câmara e à Prefeitura de Jundiaí.

O presidente do partido, João Henrique dos Santos, disse ontem que a motivação é ter recebido muitas reclamações sobre a atuação dos vereadore eleitos Fernando Bardi e José Dias (João também foi candidato).

Os pedetistas apoiaram a candidatura de Pedro Bigardi (PC do B) à prefeitura, que acabou superado pela coligação de Miguel Haddad (PSDB). Porém, Bardi e Dias vêm seguindo nesse primeiro mês de mandato os votos da base aliada.

O problema maior, segundo João, é a falta de apoio dos vereadores do PDT aos requerimentos do PT, embora reconheça que “não vi nenhum voto deles que tenha prejudicado a população”.

Ele diz que são três correntes dentro do partido e, por isso, a reunião. “Uns pedem a punição aos vereadores, outros que eles votem como oposição e outros acham que eles devem ser liberados”. Ele afirma que as reclamações chegaram até as executivas estadual e nacional.

Vaga ficaria com o presidente
Caso os vereadores sejam punidos por infidelidade partidária, os candidatos a vereador João Henrique e João Fotógrafo (PC do B) ocupariam as vagas de Bardi e Dias.

O presidente do PDT afirma que não está pensando nessa possibilidade, além de ser amigo pessoal de Dias. “Acredito mais em entrar na Câmara por meio da lei que aumenta o número de vereadores.”

Segundo João Henrique, o processo para punição não é simples e não há pretensões de se tomar atitudes radicais.

“Acho pouco provável que o partido instaure investigação. A primeira providência seria passar pelo conselho de ética, depois os vereadores têm prazo para se defender. Mas não vejo motivos para isso.”

O vereador José Dias diz que o trabalho dele e de Bardi são independentes. “Tenho um contato direto com o presidente do partido e não tivemos compromisso de composição. A oposição, quando o projeto é bom, critica, mas vota a favor. E quando eu quero informação, eu peço direto, não faço requerimento.”

O vereador Fernando Bardi não foi encontrado para comentar o assunto.

Oposição critica a posição
O presidente do PC do B, Pedro Bigardi, e o vereador do PT, Durval Orlato, afirmam que os partidos são independentes e não têm obrigação de seguir a coligação. Mas criticam a falta de independência da Câmara.

“Eu respeito o posicionamento de cada um. Mas, na época da campanha eleitoral, nós fazíamos a mesma crítica à forma de governar e nada mudou. A postura da Câmara é a mesma do passado, ficam no joguinho de oposição contra situação. Os requerimentos são formas de debate, nem deveriam passar por aprovação”, diz Bigardi.

Durval também concorda que a não aprovação dos requerimentos é ruim para o debate.

“Os vereadores do PDT disseram que iriam votar nos projetos que fossem bons para a população. Eu não entendo que um requerimento que pede informação para o Executivo seja ruim para a população”, critica Durval.


fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/pdt-se-reune-hoje-e-quer-nova-postura-na-camara/