Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Plano de Metas e Nova Consciência

Publicada em 05/07/2013 às 19:47 | por Colunista Convidado

Artigo de Carlos Cunha

Olá pessoas,

Na esteira das últimas manifestações ocorridas no país, ficou muito claro – e isto independe de plebiscito ou referendo – de que, aos poucos, o cidadão está se conscientizando do seu papel de fiscalizador daqueles que elegeu. Entendeu que do jeito que está, não dá pra ficar. Entendeu que a alta carga tributária do país é um fardo intransferível na vida do brasileiro e que por isso, merece uma contrapartida. Esta contrapartida pode vir na forma de maior atendimento as suas necessidades básicas, como saúde, transporte, habitação e educação.

O verdadeiro cidadão, preocupado com o seu futuro e dos seus, sabe que não há mais espaço para tolerar estes desmandos e para ouvir discursos vazios proferidos durante a fase do ‘posso tudo’ (período eleitoral) que são sempre esquecidos após o pleito. Embora não seja afiliado a algum partido político, acompanho de perto a cena política: nacional, estadual e municipal.

Acredito que um comprometimento maior com a política, aquela feita com P maiúsculo, que não pode ser confundida com simples politicagem, usualmente associada à troca de favores, começa com a nossa responsabilidade local, pois é no nosso nicho que observamos melhor e podemos tentar um diálogo com os responsáveis pela transformação.

Nesta semana, acompanhei com um olhar positivo, mas sem deixar de ser crítico, a apresentação do Plano de Metas pelo atual prefeito, que, junto ao secretariado, participou de uma sabatina promovida pela Voto Consciente no auditório de uma faculdade jundiaiense.

Sem dúvida é um marco histórico por ser a primeira vez que isso acontece na cena política local. Na plateia, líderes de entidades de classe, profissionais da Imprensa, da Educação e outros setores, acompanhavam e formulavam perguntas a todos os itens que eram expostos.

Neste viés, ficou claro de que só a participação popular poderá mudar os rumos e este plano participativo deverá ser a tônica de todo governante que, a partir de agora, terá de propor metas que vão ao encontro do anseio popular. Foi aventada também a necessidade de um novo Conselho da Cidade, agregado aos conselhos já existentes, encarregado de propor e fiscalizar novas demandas para que o município realmente se desenvolva e que isto não seja confundido com um mero crescimento que beneficia poucos em detrimento de muitos.

Um passo importante para a construção de novas ideias e uma nova consciência que se desperta a partir de agora. É isso.

Colunista Convidado

Leia mais sobre Outros

Uma resposta para “Plano de Metas e Nova Consciência”

  1. Avatar maria cristina gaio disse:

    Chega…o país é nosso.Nós que pagamos,esses alienados,vivendo no mundo da fantasia.Cartão corporativo…não.13 salário… não 14 salário não..Pra que tanto ministérios???vamos voltar aos 10 ,12,nem isso.Tudo, é pra desviar nosso dinheiro.Como pode!!!leis pra eles mesmos…Não são ,pessoas de ética,não são confiáveis,são pessoas que definitivamente,não me representa.não as quero,pra administrar,o que as pago.Fora.Dilma,fora pt,fora bandidos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/plano-de-metas-e-nova-consciencia/