Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Por PELO MENOS UMA Audiência Pública

Publicada em 09/01/2010 às 15:34 | por Voto Consciente Jundiai

O Plano Diretor é uma lei municipal que vai dizer como será o desenvolvimento do município. Nele deve estar explicitado o projeto de cidade que queremos ter. Veja como isto é importante: o Plano Diretor definirá as principais obras e programas urbanos que o município vai realizar no período de sua vigência, ou seja, em torno de dez anos.

Resolução 25/05 do Governo Federal:
> Art. 3º O processo de elaboração, implementação e execução do Plano diretor deve ser participativo, nos termos do art. 40, § 4º e do art. 43 do Estatuto da Cidade.

Por isso, pedimos que seja feitas audiências temáticas, por bairros, regiões, oficinas de capacitação para que as pessoas entendam o que é e para que serve um plano diretor. Tudo isso deve ser feito com calma, cuidado e como pré-condição de qualquer mudança.

Nada disso foi feito até agora. Quando dizemos “QUEREMOS PELO MENOS UMA AUDIÊNCIA”, dizemos também que queremos mais do que uma, muitas, todas as que são necessárias para que a população diga QUAL CIDADE QUER.

Além desta coleta de adesões, faremos seminários, apresentaremos propostas para o Plano Diretor a faremos um diagnóstico para avaliar o grau de participação que temos em Jundiaí. Tudo isso para mudarmos a forma de pensar essa ferramenta e para que, nos próximos anos, nossa cidade tenha um Plano Diretor Participativo.

Basta imprimir esses folhetos e colher assinaturas!
Com 2 mil assinaturas de eleitores jundiaienses, será obrigatória a realização de audiência pública para apresentar o Plano. Faça parte dessa corrente!


APOIE ESSA PROPOSTA (clicando aqui)
Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

4 respostas para “Por PELO MENOS UMA Audiência Pública”

  1. Avatar Milton Jung disse:

    Com ou sem audiência pública, é fundamental a organização da cidade em associações, seja por bairro, por distrito ou interessens afins. Destes encontros tira-se propostas claras para cada área de Jundiaí para que sejam levadas à Câmara. E lá estas entidades unidas tem de forçar os parlamentares a aceitarem suas propostas. Repito: com ou sem audiência pública.

  2. Avatar Milton Jung disse:

    Com ou sem audiência pública, é fundamental a organização da cidade em associações, seja por bairro, por distrito ou interessens afins. Destes encontros tira-se propostas claras para cada área de Jundiaí para que sejam levadas à Câmara. E lá estas entidades unidas tem de forçar os parlamentares a aceitarem suas propostas. Repito: com ou sem audiência pública.

  3. Avatar Milton Jung disse:

    Com ou sem audiência pública, é fundamental a organização da cidade em associações, seja por bairro, por distrito ou interessens afins. Destes encontros tira-se propostas claras para cada área de Jundiaí para que sejam levadas à Câmara. E lá estas entidades unidas tem de forçar os parlamentares a aceitarem suas propostas. Repito: com ou sem audiência pública.

  4. Avatar Milton Jung disse:

    Com ou sem audiência pública, é fundamental a organização da cidade em associações, seja por bairro, por distrito ou interessens afins. Destes encontros tira-se propostas claras para cada área de Jundiaí para que sejam levadas à Câmara. E lá estas entidades unidas tem de forçar os parlamentares a aceitarem suas propostas. Repito: com ou sem audiência pública.

Deixe uma resposta para Milton Jung Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/por-pelo-menos-uma-audiencia-publica/