Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

PSDB tem semana decisiva

Publicada em 01/12/2008 às 09:06 | por Voto Consciente Jundiai
CASSAÇÕES

1/12/2008


FABIANO MAIA DECISÃO Se o TRE aceitar a medida cautelar de Miguel, não haverá nova eleição

DECISÃO Se o TRE aceitar a medida cautelar de Miguel, não haverá nova eleição

Os próximos dias serão decisivos para a coligação “Construindo o futuro”, do prefeito eleito Miguel Haddad (PSDB) e de seu vice Luiz Fernando Machado, que foram cassados pelo juiz eleitoral de Jundiaí, Marco Aurélio Stradiotto Sampaio, determinando a anulação dos votos obtidos e ainda a realização de uma nova eleição. A defesa de Miguel passou o final de semana elaborando uma medida cautelar que será apresentada nesta semana ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) para pedir uma liminar que suspenderia as sentenças de Stradiotto. Já a oposição aguarda ansiosa a realização de um novo pleito em Jundiaí.

A assessoria de imprensa do PSDB informou, no início da tarde de ontem, que os advogados do partido ainda não definiram a melhor estratégia para apresentar a medida cautelar ao TRE. A defesa está confiante na obtenção da liminar em favor da suspensão das sentenças de cassação. Na última sexta-feira, a advogada da coligação, Priscila Bartollo, informou que a defesa de Miguel não havia decidido se apresentaria uma única medida cautelar para todos os processos ou uma para cada caso. “A princípio, enviaríamos um pedido para cada caso, até porque se uma das medidas cautelares for aceita, o efeito valeria para todos os casos”, disse.

Caso o pedido de suspensão de uma nova eleição seja acatado pelo TRE-SP, Miguel será diplomado no próximo dia 16 e tomará posse em 1º de janeiro. Se isso não ocorrer, o Tribunal estabelecerá um calendário eleitoral, para que os candidatos possam fazer campanha e os eleitores saibam o dia em que deverão ir às urnas.

Cassações – O juiz Stradiotto cassou, pela primeira vez, Miguel e Luiz Fernando, durante a campanha eleitoral, por “mau uso de meio de comunicação” pelo PSDB. Neste caso, a Procuradoria Regional Eleitoral emitiu parecer favorável ao recurso do PSDB. Após as eleições, o juiz determinou outras quatro cassações: por “irregularidades na realização de uma pesquisa”, pela “participação da GM no horário eleitoral tucano”, pelo “pagamento de jantar a eleitores durante a campanha” e por “abuso de poder da Polícia Civil em benefício dos tucanos em reunião com vigilantes”.

No caso da pesquisa, em que teriam sido feitos pagamentos de R$ 50 para cada um dos participantes, a denúncia foi feita pelo PT. A decisão aponta que Miguel e seu vice terão que pagar multa no valor de 25 mil Ufirs (R$ 26 mil), cada um. Já na sentença sobre a GM, o juiz alegou uso do bem público e multou Miguel e Luiz Fernando em 50 mil Ufirs (R$ 53 mil). A denúncia também foi feita pelo PT.

A acusação de que candidatos a vereador da coligação “Construindo o futuro”, liderada pelo PSDB, pagavam jantares para os eleitores foi denunciada pelo Ministério Público. Neste caso, Miguel e Luiz Fernando terão de pagar 50 mil Ufirs, cada. No processo envolvendo os vigilantes, o juiz alegou abuso de poder da polícia beneficiando o tucano. A multa é de 50 mil Ufirs para cada um.

Oposição – Pedro Bigardi (PCdoB) e Gerson Sartori (PT), que disputaram a Prefeitura em 5 de outubro, esperam ansiosos a decisão do TRE. Os dois afirmaram, na semana passada, que a decisão de Stradiotto foi importante para a cidade e aguardam a realização de uma nova eleição em Jundiaí. Miguel foi eleito com 98.734 votos. Bigardi ficou em 2º lugar, com 68.461. Gerson Sartori teve 26.673 votos. O 4º colocado, B.A, teve 2.366 votos.

RENATA REITER

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/psdb-tem-semana-decisiva/