Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Como é acompanhar a Câmara pelos olhos de um jovem

Publicada em 03/12/2014 às 19:00 | por Mateus Storti

Fazia tempo que não visitava a casa do povo, onde o futuro do município é discutido e votado às terças, não pontualmente às 18 horas. Por ter acompanhado uma sessão atípica, de casa cheia por causa das articulações de movimentos com a votação do projeto de lei declarando de utilidade pública o Programa de Esportes e Atividades Motoras Adaptadas (PEAMA), e de toda a comoção causada pelo polêmico projeto do vereador Pacheco de regulamentar a prática de skate e afins na cidade, pode ser que este não seja um dos mais fiéis retratos das terças-feiras de trabalhos na Câmara, mas farei o possível para ser, ao menos, fiel da noite de ontem.

Me encontrei na Câmara com um amigo, com o Ademir (um dos mais antigos membros do Voto Consciente em Jundiaí) e com a Nayara, que assim como eu, entrou agora no Voto. Fomos para aprender com o Ademir como que os voluntários fazem o acompanhamento das sessões, e posso dizer que me senti bem à vontade num primeiro momento… Me senti mais à vontade ainda quando a própria população começou a utilizar da Tribuna Livre para fazer seus pedidos e queixas aos vereadores. Afinal, o que queremos é uma cidade ativa, entusiasmada e participativa para com os rumos tomados pelos seus representantes eleitos. Ao todo, foram três os oradores: a primeira falou sobre a importância do reconhecimento de utilidade pública das instalações da fábrica de tecelagem Japy, e os outros dois oradores comentaram sobre a falta de espaços públicos para a prática de skate na cidade, e sobre o PL 11642/2014 do vereador Pacheco, aquela da regulamentação de skates na cidade. Este foi o primeiro momento de tensão da noite.

Logo após, eis que teve início a votação dos itens da pauta do dia: os itens a serem apreciados eram seis; por fim, acabaram sendo apreciados doze. Dos itens originais, dois foram adiados (um de autoria da vereadora Marilena Negro e outro de Leandro Palmarini); e outros três projetos foram aprovados, sendo dois de autoria do prefeito Pedro Bigardi (um se tratando de renomeação de secretaria, e o segundo de nomeação de UBS), e o terceiro de declaração de utilidade pública o PEAMA, de autoria do vereador Rogério. A sessão teve ainda seis requisições de urgência de denominações de ruas pelo vereador Doca – todos aprovados -, e também um pedido de Sessão Extraordinária para a criação da diretoria do PEAMA na Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Sessão Extraordinária esta que ocorreu após pausa ao fim da Sessão Ordinária). Ao todo, essa 85ª Sessão Ordinária teve pouco mais de 1h40 de duração, e ao todo 10 minutos de suspensão dos trabalhos (sendo esse tempo disponibilizado para fala dos responsáveis do PEAMA).

E para terminar, deixo aqui no finalzinho do texto o relato do que, para mim, foi o momento mais tenso de toda a sessão dessa terça-feira, e que merecia uma descrição à parte. Já passava das 7 da noite quando foi concedida a palavra ao vereador Pacheco para que expusesse seu projeto de lei. A câmara se encheu novamente, e então o clima começou a ficar pesado, com o vereador sendo interrompido algumas vezes por alguns skatistas, estes o questionando do porquê daquele projeto estar na pauta de votação da câmara sem ao menos ouvir dos jovens suas reivindicações, principalmente por mais lugares adequados para a prática de skate na cidade. O vereador tentou então se justificar, apresentou vários requerimentos (desta, e de legislaturas anteriores) encaminhados à prefeitura para instalação de equipamentos públicos de lazer, e recorreu até a um sonho com sua mãe já falecida, quando se disse injustiçado por muitos e principalmente pela imprensa da cidade. Por fim, pediu para ser retirado seu projeto, e ratificou uma reunião nos próximos dias com os jovens, para que sejam finalmente ouvidos. Os ânimos se acalmaram, e a câmara se esvaziou após isso. Passados alguns minutos, com 18 votos a favor, o projeto foi finalmente retirado da pauta.

Este foi um simples relato de um cara que quer agora acompanhar sempre uma sessão da Câmara. Convido os interessados, que façam o mesmo. Isso será bom para você, para a política, e para a cidade. 😉

10685549_890922480953031_1629391124732565484_n

Mateus Storti

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/relato-de-uma-sessao/