Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Ronda Escolar

Publicada em 19/02/2013 às 16:39 | por Dênis Berni

Inevitavelmente, certos questionamentos surgem… E para este autor, e acredito que para a maioria das pessoas, é um fato a ser comemorado, motivado pela lembrança de um período da História do Brasil em que o questionamento não era permitido. Mas sendo o assunto em pauta a segurança pública, em nível municipal, gostaria neste artigo de dar continuidade às questões que envolvem a atuação de uma Guarda Municipal e ressaltar uma de suas melhores contribuições: a Ronda Escolar.

A Ronda Escolar das Guardas Municipais é um instrumento preventivo essencial para o cotidiano escolar, pois além de elevar a segurança das escolas, em especial, os alunos passam a ver o Guarda Municipal de uma forma diferente, como um servidor pronto para ajudá-los, mudando a imagem ultrapassada da polícia repressora e proporciona relações de respeito e confiança com o corpo escolar e a população em geral. Cito neste parágrafo população em geral, pois não há quem não queira ver Guardas Municipais na porta da escola de seus filhos ou parentes cumprindo sua responsabilidade em assegurar com prioridade os direitos da criança e do adolescente.

A escola é, via de regra, a primeira instituição a qual temos contato depois da família. O cotidiano da escola não se restringe à qualidade do ensino, o processo de ensino-aprendizagem é desencadeado com toda a sociedade, o aluno constrói seu saber dia-a-dia, seja em sala de aula, seja em casa, como também, em outros setores da sociedade. É nesse contexto, que a Ronda Escolar insere-se no dia-a-dia dos alunos, o Guarda Municipal é um agente multiplicador de prevenção e um educador, tendo em vista, a importância da sua atuação junto ao ambiente escolar. Seus procedimentos e atitudes se adéquam a esse contexto, de modo a ser visto como um aliado que proporciona segurança aos alunos, funcionários, docentes e diretores.

A Ronda Escolar é um instrumento preventivo que baseia-se na proteção dos bens (o patrimônio), de um serviço (ensino), e das instalações (as escolas). Portanto, é de extrema importância que as GMs tenham um grupamento de Ronda Escolar, não só no cumprimento do seu dever constitucional, mas também para auxiliar no papel fundamental de formação do aluno. O GM é visto pelo aluno, seja do ensino fundamental ou médio, como um modelo, um profissional disposto a auxiliá-lo, dirimir suas dúvidas e dar a tão prolixa sensação de segurança. Esta construção se dá de forma teórica e prática, na observação, na análise, na vivência do dia-a-dia. É desta forma que o GM se coloca como parte deste processo de construção, sua postura, seu auxílio ao aluno, não só aproxima o indivíduo do poder público, mas constrói um cidadão consciente de seus direitos, deveres, limitações e parâmetros.

Neste sentido, a palavra-chave de todas as ações da Ronda Escolar é prevenção. Prevenção esta, que pode estar inserida na sala de aula através de palestras de temas transversais, segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Assim, é plenamente viável o coroamento das atuações da Ronda Escolar com o desenvolvimento de um programa de atividades educacionais. Como exemplo, a Guarda Municipal de Jundiaí mantém o programa Educavi (Educação para a Não Violência), uma iniciativa dos integrantes da Ronda Escolar. Criado em 1998, com o objetivo de conscientizar crianças e jovens sobre as conseqüências nefastas da violência e contribuir para a formação dos futuros cidadãos. O programa EDUCAVI aborda temas relacionados à violência escolar, a depredação ao patrimônio público e suas implicações, esclarecendo aos alunos as consequências do ato infracional, como prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pichação, drogas e principalmente um tema de grande relevância atualmente, o bullying, que compreende inúmeras formas de agressão, intencionais e repetitivas, sem motivo aparente por um ou mais estudantes contra outro, normalmente o mais fraco e indefeso.

Assim, nota-se que a segurança pública é uma condição abrangente, que ultrapassa os velhos conceitos de pura e simples repressão e todos aqueles que têm condições de contribuir para minimizar a violência, têm a responsabilidade de fazê-lo.

 

 

Avatar
Últimos posts por Dênis Berni (exibir todos)

Leia mais sobre Outros

Uma resposta para “Ronda Escolar”

  1. Avatar Cássio Nicola disse:

    A Guarda Muncipal de Jundiaí criou sua Ronda Escolar no ano de 1997, por iniciativa do então secretário de educação, Osvaldo Fernandes. Após 15 anos, entre altos e baixos, poucas equipes, baixo efetivo e falta de viaturas, nunca parou.
    Estamos em 2013, a policia preventiva tem seu grande mérito nas escolas, devido a concentração garantida dioturnamente, pela chegada permanência e saída de alunos. Atraindo também violência, drogas, som alto em veículos, baderna, bebida alcoolica.
    O texto do colega Denis é um indicativo aos municipios que desejam empregar com sucesso a força de seus guardas municipais. Nada mais nobre do que zelar pela vida e tranquilidade de crianças e adolecentes, professores e servidores das escolas e seu patrimônio material. Uma política pública eficiente e de resultado rápido. A GMJ esta preparada para a empreitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/ronda-escolar/