Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Sejam bem-vindos ao Movimento Voto Consciente!

Publicada em 13/08/2015 às 12:32 | por Henrique Parra Parra Filho
Publicado originalmente na Revista Apê Zero1: https://www.apezero1.com.br/sejam-bem-vindos-ao-movimento-voto-consciente/

IMG_2218

Se a cidade precisa melhorar, como você vai melhorar a cidade? Se a política está ruim, como você pretende melhorar a política? Se precisamos de uma cultura política melhor, como você trabalha para construir essa cultura política melhor?

Essas três perguntas resumem a missão dos voluntários do Movimento Voto Consciente Jundiaí, que desde 2006 acompanham as sessões da Câmara Municipal para monitorar o trabalho dos vereadores e que já realizou oficinas e palestras de cidadania com quase 10 mil jovens desde então. Um grupo que já realizou 3 concursos de ideias (estamos finalizando o terceiro) para que todos os jundiaienses possam apontar propostas e se engajar por soluções que melhorem a cidade.

Desde então, leis foram mudadas ou criadas. Milhões de reais destinados a implementar propostas apontadas por cidadãos. Nunca mais um prefeito foi eleito sem ser sabatinado. Em todas as eleições, as pessoas têm um mínimo de informações e dos compromissos dos candidatos através da Ficha Pública, jornal que é impresso a partir de doações da própria comunidade.

E além dos milhares de jovens que participaram das oficinas ou dos concursos, temos dezenas que viraram voluntários ou que, hoje, lideram o movimento ou formaram outros coletivos na cidade. Muitos passaram a participar de conselhos municipais, de audiências públicas e acompanhar mais as questões coletivas da cidade.

Somos um grupo voluntário, não uma ONG. No grupo, todos têm outras ocupações e dedicam seu tempo livre para despertar a cidadania jundiaiense. No começo, nosso trabalho era apenas de monitorar a Câmara e produzir um “ranking” avaliando os trabalhos dos vereadores.

Mas desde logo cedo percebemos que isso é muito pouco. Explico: é algo fundamental e importante, tanto é que mantemos a ação como um dos nossos principais projetos, mas é pouco se realmente queremos promover um impacto na cultura política da cidade e na participação social. Desde cedo percebemos que tínhamos de ir aos bairros e principalmente escolas.

Desde cedo, percebemos que não basta existir um grupo que reúna pessoas muito dedicadas e que a gente estimule outras pessoas dedicadas a somar força conosco. O acompanhamento da Câmara é apenas uma das ações necessárias para que a cidade, a política e a cultura de participação melhorem em Jundiaí.

Não basta pedirmos que as pessoas apontem ideias, como se os governos fossem os únicos responsáveis por sua implementação, ou pior, nos colocando como “representantes” dessa pauta. Não basta produzir ótimos indicadores e informações, sem estimular que outros movimentos e o próprio Poder Público desenvolva indicadores também. Em outras palavras, nosso foco não está em fortalecer a nós mesmos, mas em distribuir conhecimento e competências na cidade.

Precisamos estimular a participação direta das pessoas. Precisamos envolver outras entidades e movimentos para que também fiscalizem e mobilizem. Precisamos semear novos movimentos e coletivos para discutir assuntos que ainda não são debatidos. Precisamos construir um grande concurso de ideias que sirva como mote para todos os professores e escolas que, assim como matemática, redação ou física, acreditam na importância em desenvolverem competências socioemocionais de negociação, mediação, arbitragem, decisão etc.

Por isso, somos um movimento. Deixamos há muito tempo de ser e pensar enquanto organização. Todos aqueles que se identificam com nossos objetivos e atuam de alguma forma, de muitas formas, são parceiros, amigos e de alguma forma estão ligados a nós. Desde os professores que trabalham questões de cidadania em suas aulas, passando pelas pessoas que apontam ideias nos concursos Cidadonos e mobilizam seus amigos, até as entidades que realizam sabatinas, debates e fortalecem a cobrança aos governantes. E também, por que não, os políticos que se dedicam verdadeiramente a dialogar, ouvir e responder a estas centenas de pessoas que têm se engajado.

Assim, é com alegria que dou o pontapé neste espaço que pretende ser uma conversa com os leitores da Apê Zero1. E como somos um movimento que não se personaliza, tentaremos que cada coluna seja escrita por um voluntário ou voluntária diferente! E quem sabe, em algum mês futuro, por você que nos lê e decidir “fazer acontecer” na cidade!

henrique

Henrique Parra Parra Filho é jundiaiense, cientista social, voluntário desde 2006 do Movimento Voto Consciente, cofundador do Cidade Democrática e ajudou a idealizar o Concurso Cidadonos.

Avatar

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/sejam-bem-vindos-ao-movimento-voto-consciente/