Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Servidores municipais não aceitam proposta

Publicada em 21/05/2010 às 19:14 | por Voto Consciente Jundiai

Em assembleia extraordinária realizada, na noite de ontem, os servidores municipais rejeitaram a proposta de reajuste apresentada pela Prefeitura. Agora, o Sindicato dos Servidores Públicos de Jundiaí (Sindserjun) continuará em negociação com o Executivo. Os servidores pedem 10% de aumento salarial e auxílio-alimentação (o chamado ´cartão alimentação´) no valor de R$ 243. A Prefeitura ofereceu 6% de reajuste salarial e cartão de R$ 190. Hoje, há 6,3 mil servidores no quadro da administração. Cerca de 300 participaram da assembleia, organizada na sede da Guarda Municipal.

De acordo com a presidente do sindicato, Eleni Fávaro, a Prefeitura ofereceu 6% – o mesmo obtido no ano passado -, do total, somente 0,5% seria de ganho real. Já o cartão alimentação passaria dos atuais R$ 120 para R$ 190. “Não chegamos a um índice durante a assembleia, mas vamos continuar as negociações para tentar melhorar a proposta”, disse o tesoureiro do sindicato, Romeu Moreira Júnior. Segundo Eleni, as negociações começaram há um mês. “Mas as conversas se intensificaram há uma semana”, salientou. Na manhã de ontem, ela se reuniu com o prefeito Miguel Haddad (PSDB).

“Foi uma negociação dura e difícil. Os valores são razoáveis, mas positivos. No caso do salário, com 6%, conseguiríamos ir além da inflação”, comentou, à tarde. O aumento no cartão alimentação – abastecido no quinto dia útil e utilizado para a compra em supermercados – é de 58%. “Queríamos R$ 243 por ser o índice da cesta básica, segundo o Dieese (órgão que realiza a pesquisa nacional da cesta básica), calculado com base no custo de vida de uma família de três pessoas”, apontou o vice-presidente do sindicato, Aparecido Luciani.

Câmara de Jundiaí – Se a proposta tivesse sido aprovada ontem, o projeto de lei que trata o assunto seria votado na próxima sessão da Câmara Municipal, para que os benefícios começassem a valer ainda este mês. Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Recursos Humanos confirmou que participou de reunião, ontem, com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Jundiaí e que “fez uma proposta de reajuste salarial, que deverá ser levada para discussão em assembleia”.

“A Secretaria de Recursos Humanos vai aguardar posicionamento do sindicato após esta assembleia”, diz nota. No ano passado, projeto de lei do Executivo aprovado na Casa de Leis determinou que os vencimentos, salários e funções de confiança dos servidores públicos municipais fossem reajustados em 6%. Já o auxílio-alimentação foi fixado em R$ 120. A data-base da categoria é 1º de maio.

ROBERTA BORGES

fonte: JJ, publicado em 20/05/10

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/servidores-municipais-nao-aceitam-proposta/