Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Todos os vereadores cassados em SP recuperam o mandato

Publicada em 25/10/2009 às 10:49 | por Voto Consciente Jundiai

> ATÉ JULGAMENTO DO TRE
24/10/2009

O juiz da 1ª zona Eleitoral, Aloisio Sérgio Rezende Silveira, concedeu efeito suspensivo para a decisão de cassar o mandato do vereador Ricardo Teixeira (PSDB). Com isso, todos os 13 vereadores cassados pelo juiz na segunda-feira continuarão com seus mandatos até o julgamento do processo pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo. Os outros 12 vereadores já haviam sido beneficiados pelo efeito suspensivo da decisão concedido pelo juiz.

Todos os 13 foram cassados por recebimento de doações ilegais da AIB (Associação Imobiliária Brasileira). A entidade repassou R$ 1,6 milhão para 13 vereadores na campanha eleitoral de 2008. Ligada ao Secovi (sindicado da habitação), a entidade é proibida por lei de fazer doações para candidatos. Ao todo, 13 vereadores foram cassados e considerados inelegíveis por três anos pelo juiz. Um suplente em exercício também foi considerado inelegível.

A AIB é uma associação acusada de funcionar como entidade de fachada do Secovi-SP (sindicato do setor imobiliário) para fazer doações a políticos; o sindicato sempre negou qualquer vínculo com as doações. Anteontem à tarde, o juiz já havia suspendido a cassação de nove vereadores. Na terça-feira, ele tinha suspendido a cassação de outros três vereadores.

O efeito suspensivo da decisão de cassação atingiu os vereadores Adolfo Quintas Neto (PSDB), Carlos Alberto Apolinário (DEM), Carlos Alberto Bezerra Júnior (PSDB), Cláudio Roberto Barbosa de Souza (PSDB), Dalton Silvano do Amaral (PSDB), Domingos Odone Dissei (DEM), Gilson Almeida Barreto (PSDB), Marta Freire da Costa (DEM) e Ushitaro Kamia (DEM).

Na terça, o juiz Silveira havia feito a mesma concessão aos vereadores Adilson Amadeu (PTB), Paulo Sérgio Abou Anni (PV) e Wadih Mutran (PP), além do suplente Quito Formiga (PR) – que foi punido com a inelegibilidade, já que a cassação não era aplicável porque ele foi eleito como suplente. Formiga foi empossado já no dia 1º de janeiro deste ano, pois o titular Marcos Cintra (PR) foi nomeado secretário municipal de Trabalho.

FOLHAPRESS

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/todos-os-vereadores-cassados-em-sp-recuperam-o-mandato/