Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Últimos dias, eleitor.

Publicada em 30/09/2008 às 13:10 | por Voto Consciente Jundiai
As devidas considerações: a ONG Voto Consciente é apartidária. No entanto, destaco desde já, escrevo este texto em caráter exclusivamente pessoal, em decorrência da experiência obtida ao longo de toda participação em tal Organização. Por que o faço tranqüilamente? Porque divido com a “Voto Consciente” um objetivo que também é meu enquanto cidadão: garantir mais informações aos meus pares e assim garantir a transparência e participação, para que a democracia se fortaleça.

Em matéria veiculada em 27/09/2008, o Jornal de Jundiaí deu conta da insatisfação do PSDB com a conduta do Juiz Eleitoral. Diz a matéria: “De acordo com as alegações dos advogados do partido, o juiz apresentou “prejulgamento” no processo que culminou com a cassação do registro do candidato a prefeito, Miguel Haddad (PSDB) (…)”.

Multas e punições são indicadores da postura e da prática dos candidatos. Podemos discutir os valores dessas multas, podemos discutir punições mais severas, podemos sugerir mecanismos como o da carteira de motorista, que após algumas punições é suspensa. Não obstante, devemos também reconhecer o amadurecimento da Justiça eleitoral que vem punindo quando entende necessário, independentemente da força política ou econômica do candidato alvo da medida.

Eventualmente, desvios ocorrerão também no âmbito da Justiça, já que, no final das contas, estaremos sempre diante de Seres Humanos falíveis. Assim, obviamente, os partidos políticos poderão, eventualmente, pedir o afastamento do Juiz eleitoral dos processos que lhes digam respeito.

Tal contexto, do embate jurídico entre forças que se opõe, revela, em si mesmo, um amadurecimento democrático. Não se trata de tapetão, nem de baixaria, tampouco perseguição.
Há representações de todos os partidos políticos, uns contra os outros, há um Juiz que respeita a legislação e a defende com vigor, há recursos e muitos advogados em ação.

O que nós, cidadãos e eleitores, devemos fazer é prestar atenção, não permitindo que nos enganem ao fazerem um uso malicioso das regras do jogo. Por exemplo, a exceção de suspeição apresentada contra o Juiz Marco Aurélio Stradiotto, que põe em dúvida sua moral. Em todas as oportunidades que o trabalho da Voto Consciente me permitiu o contato com o Juiz, pude comprovar de perto seu caráter ético e sua preocupação em garantir o andamento justo da campanha eleitoral em nossa cidade.

Assim, devemos atentar para tal fato e mais: sair da posição de passividade e tentar entender, por nós mesmos, o porquê de tantas multas, saber dos processos na Justiça que envolvem alguns dos candidatos, saber quais desses candidatos foram aos quatro debates promovidos em Jundiaí até agora. Todas essas informações vão se somando para que a escolha seja mais consciente.

Termino com o pedido de que os veículos de informação jundiaienses publiquem, nessa última semana antes das eleições, as informações citadas aqui e outras, com as fontes oficiais, para que os cidadãos tenham dados fiéis e seguros em que apoiar seus votos, se assim desejarem.

Peço a nossa imprensa escrita que publique, se for possível, como coluna em páginas interiores, para restar espaço a outras notícias importantes dessas eleições.

Henrique Parra Filho
Coordenador Geral
Voto Consciente – núcleo Jundiaí
Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/ultimos-dias-eleitor/