Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereador cassado vai responder a processo criminal

Publicada em 19/06/2009 às 01:30 | por Voto Consciente Jundiai

VÁRZEA PAULISTA

18/6/2009

FABIANO MAIA Tocera pode pegar até 14 anos de prisão por irregularidades em campanha eleitoral

Tocera pode pegar até 14 anos de prisão por irregularidades em campanha eleitoral

O vereador cassado de Várzea Paulista, Jéferson Leite, o Tocera (DEM), responderá a processo criminal movido pelo Ministério Público (MP) daquela cidade por formação de quadrilha, captação de sufrágio (compra de votos), boca-de-urna e fraude em votações. No total, foram imputados 22 crimes a Tocera e outros dez réus. O acusado não foi encontrado ontem pelo JJ Regional para comentar o caso.

A ação foi elaborada pelo promotor público Fausto Luciano Panicacci. O político e os outros acusados de irregularidades nas eleições do ano passado terão de comparecer à primeira audiência no próximo dia 2 de julho, às 13h30. “Os réus já foram citados e agora serão ouvidos”, afirmou o promotor. O processo será analisado pela atual juíza eleitoral, Jovanessa Ribeiro Silva Azevedo Pinto. Somadas as penas, Tocera pode pegar até 14 anos de prisão.

O candidato a vereador recebeu 1.050 votos nas eleições municipais de 2008, em Várzea, número suficiente para colocá-lo entre os 11 parlamentares eleitos na Câmara local.

Habilitação – A então juíza eleitoral de Várzea, Flávia Cristina Campos Luders, cassou o registro de Tocera em novembro do ano passado, após denúncia oferecida pelo próprio Panicacci. A magistrada considerou nulos os votos recebidos pelo político. Tocera ainda foi multado em 30 mil Ufirs (aproximadamente R$ 32 mil).

A representação do MP afirma que houve compra de votos pelo democrata, através de pagamentos diretos ou promessas de distribuição de carteiras de habilitação (ele é proprietário de uma autoescola). O político também teria recolhido títulos eleitorais prometendo aos responsáveis R$ 50 para que trabalhassem em boca-de-urna.

Uma das provas que constavam no processo era um DVD, no qual moradores da região da Vila Real citavam assédio de membros da equipe de Tocera. O candidato eleito apelou ao TRE pedindo uma ação cautelar para suspender sentença de primeiro grau, porém o desembargador do Tribunal negou a liminar.

Denúncia semelhante já havia sido encaminhada à Polícia Civil de Várzea para abertura de inquérito contra Tocera e membros de sua equipe que trabalharam para angariar votos irregularmente.

Substituto – Após confirmação da cassação de Tocera, todos os votos a vereadores varzinos foram recontados. Com a nova configuração do Legislativo daquela cidade, Silas Zafani (PTB) foi beneficiado com a vaga no Legislativo que seria ocupada pelo democrata.

THIAGO GODINHO

Notícias relacionadas:

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereador-cassado-vai-responder-a-processo-criminal/