Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereador diz ´sofrer pressão´ para sair

Publicada em 26/05/2009 às 17:34 | por Voto Consciente Jundiai

VÁRZEA PAULISTA

26/5/2009

MARCELO LANGUE Parlamentar João Victor, o Bé, denuncia pressão do próprio partido para apoiar decisão da administração de Várzea

Parlamentar João Victor, o Bé, denuncia pressão do próprio partido para apoiar decisão da administração de Várzea

O vereador de Várzea Paulista, João Victor de Souza Sobrinho, o Bé (PTdoB), afirma ser alvo de pressão do próprio partido para mudar de opinião e não mais apoiar o ´grupo dos seis´, que pretende antecipar a escolha da próxima Mesa Diretora do Legislativo. O ´aviso´ da sigla foi emitido por ofício do Diretório Estadual, assinado pelo presidente, Antonio Rodriguez Fernandez.

“A carta me obriga a mudar de posição e a respeitar acordo que eles têm com o prefeito Eduardo Pereira (PT)”, dispara o vereador. “Não concordo com isso, eles não podem mandar no meu voto. Sou vereador e tenho liberdade para escolher”, enfatiza Bé, que apoiou a candidatura majoritária do petista nas eleições municipais do ano passado. O parlamentar afirma estranhar qualquer acordo posterior com o chefe do Executivo. “Parece que eles têm alguma coisa a mais. Vai saber do que se trata esse acordo. Dá a entender que a administração é quem está pressionando o partido em São Paulo.”

Por telefone, o prefeito confirmou ter acordo político com o PTdoB, mas nada que envolva questões da Câmara. “Tratamos apenas de formação de programa e disputa eleitoral. Se o partido tomou alguma posição eu não sei, isso é coisa deles.”

Bé ratifica manter fidelidade à base de sustentação do prefeito na Câmara. Segundo ele, apenas no projeto de resolução que anteciparia o pleito interno, sua opinião foi diferente da posição do chefe do Executivo. “Apoiei o prefeito tanto na busca de votos como em todos outros atos do Legislativo”, protesta.

Racha – A antecipação na escolha da Mesa Diretora do Legislativo é tida pelo grupo liderado pelo presidente da Câmara, Claudinei Lumes (PT), como manobra para enfraquecer a base de Eduardo e o seu indicado na sucessão do Executivo. O vereador enfatiza que, após se integrar ao ´grupo dos seis´está sendo ameaçado de expulsão da sigla por dirigentes locais e estaduais. “Serei obrigado a tomar uma atitude. Mas, não vou mudar de opinião. Não vou votar contra a minha vontade”, garante. “Se eu mudar de ideia agora, vou me declarar derrotado.”

As declarações do legislador, no entanto, estão na contramão do que fala o presidente do PTdoB de Várzea, Ediraldo de Souza, o Lambari. “O que foi enviado a ele é apenas uma ofício circular com a recomendação de apoio a todas as prefeituras comandadas pelo PT no estado”, contradiz. Na semana passada, Lambari já havia informado que o PTdoB não faria nenhum tipo de pressão ao vereador. “O partido é favorável às ações do governo, mas não intervém na opção dele. O que estamos fazendo é um movimento para que ele acompanhe a opinião da legenda”, ressaltou. O dirigente descartou também qualquer tipo de punição ao vereador, caso João Victor não mude de postura. “A única forma de tentar convencer é a verbal. De qualquer jeito, caminharemos juntos”, enfatizou.

O projeto inicial do ´grupo dos seis´ era a mudança do pleito interno referente ao biênio 2011/2012 para junho deste ano. Agora, emendas com propostas de novas datas estão sendo apresentadas na Câmara.

THIAGO GODINHO

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereador-diz-%c2%b4sofrer-pressao%c2%b4-para-sair/