Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereador é punido por dar apoio ao prefeito

Publicada em 16/12/2009 às 10:25 | por Voto Consciente Jundiai

Quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 – 00:03
Zé Dias (PDT) foi o único a votar a favor de veto do Executivo, e levou troco

Gustavo Beraldi
Especial para o BOM DIA

O vereador José Dias (PDT) sofreu na manhã de terça-feira retaliação de dez parlamentares da própria base governista por ter sido o único na Câmara a não ir contra a um veto do prefeito a um projeto de lei da Casa.

Em troca, teve uma moção sua por dez abstenções contra apenas um voto favorável, de Roberto Conde (PR).

A moção apoiava o projeto de lei da deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), sobre a proibição de qualquer violação da integridade física, psicológica de crianças e adolescentes.

“Confesso que estou muito confuso com a posição do senhor, que se abstém de derrubar o veto do prefeito a um projeto que versa exatamente sobre o mesmo assunto de sua moção”, disse o próprio companheiro de partido, Fernando Bardi.

Dias até tentou se explicar, alegando não ter votado contrário ao projeto do ex-vereador José Carlos Grapeia (PTB), mas preferido não decidir qual das consultorias jurídicas estava certa, já que os pareceres do Legislativo e do Executivo divergiam.

“O voto de abstenção ajuda a manter o veto do prefeito. Eu até tentei entender o raciocínio, mas depois dessa explicação, fiquei mais confuso”, disse Júlio de Oliveira (PSDB).

“Sempre votei favorável aos projetos dos companheiros, e agora vocês fazem isso em uma simples moção? Eu não sei o que está acontecendo”, reclamou Zé Dias.

Mais informações
www.camarajundiai.sp.gov.br

Veto é discutido na tribuna
Pela primeira vez desde que o fim do voto secreto em vetos do Executivo foi instituído, a tribuna da Câmara foi utilizada, na manhã de terça, para a discussão de um veto.

“Votarei contra o veto pelo mérito da proposta”, afirmou Enivaldo Freitas, o Val (PTB). Fernando Bardi (PDT) explicou que o projeto simplesmente prevê a possibilidade do poder público aderir à proposta. “Em momento algum se faz menção de que o município arcará com o ônus.”

Com 13 votos contrários ao veto e a abstenção de José Dias (PDT), o projeto do ex-vereador José Carlos Grapeia (PTB), que exige afixação de cartazes sobre os direitos da mulher, da criança e do adolescente será sancionado pela Câmara.

“O Zé Dias é uma figurinha. Não tenho o que falar”, ressaltou Grapeia.

fonte: BOMDIA

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereador-e-punido-por-dar-apoio-ao-prefeito/