Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereador Grapeia quer criar Banco Municipal de Alimentos

Publicada em 25/10/2009 às 11:53 | por Voto Consciente Jundiai

25/10/09
Jornal da Cidade

Com a oportunidade de ocupar uma cadeira na Câmara de Jundiaí durante um mês pela licença titular de Val, o vereador José Carlos Grapeia (PTB) tenta emplacar pelo menos dois projetos em sua última sessão, na próxima terça-feira (27). Um deles (PL 10.467) tem o objetivo de aproveitar as tonaladas de alimentos que são desperdiçadas diariamente.

A proposta é criar um Banco Municipal de Alimentos que seria responsável por captar doações de produtos alimentícios de indústrias, cozinhas industriais, restaurantes, mercados, feiras, sacolões e assemelhados para providenciar doações a famílias ou entidades previamente cadastradas. Tudo com a supervisão da Vigilância Sanitária, que iria assegurar a qualidade dos alimentos para consumo humano.

O vereador lembra que de cada 100 caixas de alimentos produzidos no campo, 39 chegam à mesa da população. Os supermercados desperdiçam 2,52% do faturamento, o que equivale a 2 bilhões de reais por ano; e 60% do lixo da cidade de São Paulo é orgânico, isto é, restos de alimentos. O total que é jogado fora diariamente no brasil daria para alimentar 19 milhões de pessoas com as três refeições básicas (café de manhã, almoço e jantar – fonte: ONG Banco de Alimentos).

Por isso, mais que destinar alimentos a famílias carentes, o programa do Banco Municipal de Alimentos tem o objetivo de promover uma conscientização sobre o desperdício.

As doações, observa, dificilmente são concretizadas por falta de um sistema que proteja o doador de boa fé. Por isso, muitos optam por jogar fora o alimento que poderia ser aproveitado.

Grapeia tem experiência na área. Ele foi um dos participantes da Ação da Cidadania contra a Fome, do sociólogo Herbert de Souza (Betinho) no início dos anos 90. Em Jundiaí, o grupo realizou os festivais “Pão e Poesia”, que eram shows com artistas locais para arrecadar alimentos. Além disso, atuou junto a famílias da região da Vila Esperança.

“É possível fazer alguma coisa. Não podemos ficar parados enquanto tanto alimento vai para o lixo”, comenta o vereador. “Eu fico triste de ver isso. E muitas vezes não é culpa de quem está descartando o alimento. É que faltam meios para que esses alimentos cheguem a quem tem fome”, ressalta.

O Banco Municipal de Alimentos envolveria as secretarias que cuidam da área social e também as unidades de saúde, sob a supervisão de um Conselho Gestor. Para que o projeto seja votado na terça-feira, o vereador tentará obter as assinaturas necessárias dos demais vereadores para o regime de urgência.

Violência
O outro projeto de lei que Grapeia tentará incluir na sessão em urgência é o PL 10.466, que prevê afixação de cartaz sobre órgãos de defesa de direitos da mulher, da criança e do adolescente.

A idéia é centralizar as informações úteis que auxiliam no encaminhamento de casos de violência sexual, física e moral. Os cartazes deverão ser colocados em estabelecimentos de ensino particulares, templos religiosos, hospitais particulares, lanchonetes, bares e restaurantes, hotéis, motéis e pousadas, casas noturnas de qualquer natureza, clubes sociais e associações recreativas ou desportivas, centros esportivos, salões de beleza, agências de modelo, casa de massagem, saunas, academias de fisiculturismo, dança, ginástica e atividades físicas.

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereador-grapeia-quer-criar-banco-municipal-de-alimentos/