Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereadores atacam imprensa e ONG

Publicada em 30/04/2009 às 20:52 | por Voto Consciente Jundiai

GRANDE EXPEDIENTE

30/4/2009

VALTER TOZETTO JR. Vereador Tico (PSDB) criticou ausência de membros de ONG e jornalistas

Vereador Tico (PSDB) criticou ausência de membros de ONG e jornalistas

O encerramento das votações a projetos na sessão ordinária da última terça-feira não significou o fim das já freqüentes críticas e ataques de vereadores da Câmara de Jundiaí ao trabalho da imprensa local e fiscalização da ONG Voto Consciente. As manifestações aconteceram por volta das 13 horas, período em que os repórteres normalmente já se retiraram da Casa.

O JJ Regional acompanhou os discursos pelo site da Câmara (www.camarajundiai.sp.gov.br). Durante o Grande Expediente (parte da sessão em que os parlamentares podem usar a Tribuna para assuntos diversos), o presidente do Legislativo, José Galvão Braga Campos, o Tico (PSDB), citou a ausência da cobertura jornalística naquele momento, alegando ser a fase em que “o vereador fala o que está fazendo na rua”. “É bom que a população saiba que nem tudo que se publica no jornal diz respeito ao vereador”, emendou.

Tico criticou, também, o trabalho de edição necessário para as publicações de jornais. “Eles pegam parte da fala do vereador e colocam o que querem”, alfinetou. Paulo Sérgio Martins (PV) fez coro às alfinetadas. “Respeito a opinião, mas eles têm que saber que a delegacia virou meu gabinete, onde tenho de atender às pessoas”, observou. “Podem criticar, mas que façam com consciência e Justiça.”

Já a vereadora Marilena Negro não concordou com as opiniões de Tico e Paulo Sérgio. “Não vou sair aqui em defesa da ONG nem de jornalistas. Mas, o Voto Consciente faz trabalho voluntário e os repórteres têm chefe e horário a cumprir”, explicou, aparteada por comentário ofensivo do tucano. “São voluntários tendenciosos… seu discurso mostrou que o Voto Consciente é a extensão do seu gabinete.”

A petista respondeu dizendo que eles (vereadores) são pessoas públicas e têm de prestar contas à população. “Não admito ser julgado por quem não vê todo o meu trabalho”, rebateu o parlamentar do PSDB. Durval Orlato (PT), por sua vez, ironizou a ausência dos próprios vereadores no Grande expediente. “Tomara que passem a marcar atendimentos em outro horário para eu não ficar falando aqui para três ou quatro.”
Reação – Em e-mail, o coordenador-Geral da ONG Voto Consciente de Jundiaí, Henrique Parra Parra Filho, respondeu ao que chamou de “polêmica desnecessária” criada pelos políticos. “Essa recorrente posição de polemizar, agredir e tentar desqualificar é lamentável. O Legislativo precisa se aproximar da população e não afastá-la com brutalidade, como foi feito”, disse. Segundo Parra Parra Filho, a postura dos vereadores na sessão “precisa ser avaliada pelos, cidadãos, e revista por eles (vereadores), para o bem de todos.”
Explicação – Ontem, por telefone, Tico justificou seu posicionamento como uma forma de protesto. “São diversas matérias que estão sendo publicadas, mas minha intenção não era a de generalizar”, argumentou.

THIAGO GODINHO

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereadores-atacam-imprensa-e-ong/