Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Vereadores decidem adiar votação

Publicada em 18/02/2009 às 11:17 | por Voto Consciente Jundiai

NEPOTISMO/JARINU

18/2/2009

CRISTINA HAUTZ Na tribuna, Bugio defendia a votação com Paulo Piloto (à esquerda)

Na tribuna, Bugio defendia a votação com Paulo Piloto (à esquerda)

Por cinco votos contra quatro, a Câmara de Vereadores de Jarinu decidiu, ontem à noite, adiar a votação do segundo turno do projeto de emenda à Lei Orgânica do Município – que substitui as atuais diretorias da Prefeitura daquela cidade por secretarias. A matéria não estava na pauta da sessão ordinária, mas um requerimento – rejeitado pela maioria dos parlamentares – solicitava a discussão imediata. Uma reunião entre os vereadores deve definir quando a propositura será debatida em Plenário.

A alteração solicitada pela Prefeitura causou polêmica ao ser enviada ao Legislativo. O projeto pede a mudança de um trecho do artigo 77-A da Lei Orgânica que proíbe o nepotismo (contratação de parentes) no Executivo e Legislativo. Com a alteração, a proibição só não atingiria o poder público justamente no caso da indicação de secretários municipais. A oposição já havia alardeado a cidade de que a aprovação significaria a indicação, por parte da petebista, do marido – o ex-prefeito Antonio Clarete Lorencini – e as duas filhas em cargos no Executivo.

Numa ação impetrada no Fórum de Jarinu, dia 30 de dezembro do ano passado, Fátima Lorencini justificou a medida alegando que “quer cumprir as promessas feitas durante a campanha que a consagrou perante os eleitores” e que, para isso, “necessita de ampla liberdade para nomear os seus agentes políticos, dentre os quais seu marido e as suas duas filhas.”

Ataque e defesa – Único objeto de discussão da pauta de ontem à noite, o requerimento do vereador Milton Martins da Silva, o Bugio (DEM), solicitava a votação da emenda naquele momento. A decisão foi tomada por Bugio após saber que a alteração da Lei Orgânica não seria feita ontem. “Não podemos deixar brecha para que os prefeitos possam contratar parentes.”

Com o auditório da Câmara de Jarinu lotado, a discussão tornou-se acalorada. “Não estou votando no nepotismo. Estou votando para que a cidade saia da ‘idade da pedra’ e tenha secretarias. O nepotismo é outra questão e é para isso que existe o Judiciário”, retrucou Miraílton Moreira Gomes (PSDB). Paulo Sérgio Piloto (PSB) chegou a bater boca com Bugio após alegar que a emenda era “complexa” e que, por isso, precisaria ser melhor estudada. “Eu não entendo mais nada porque o senhor foi quem pediu urgência, no primeiro turno, para que ele fosse votado. Agora não quer mais?”, indagou Bugio. De acordo com Piloto, a votação (7 a 1 pela aprovação) só aconteceu para que pudessem “adiantar o projeto” na Câmara. “Agora é a hora da discussão. Por isso temos de nos reunir e conversar a respeito. Todos nós”, reforçou.

A petebista Débora Cristina do Prado também rejeitou o requerimento. Para ela, a cidade terá vantagens em poder contar com secretarias. Quanto à indicação de parentes por parte de Fátima Lorencini, a vereadora justificou: “A prefeita é que tem de ter consciência de escolher pessoas de competência para sua administração. Senão, quem vai sofrer é ela mesma. Não acredito em nepotismo se a pessoa trabalha e é competente para exercer a função. Nepotismo, para mim, é o cabide puro e simples.”

Reunião – O presidente da Câmara, Jânio Lorencini (PTB) – que é cunhado da prefeita – afirmou que a reunião com os vereadores acontecerá, mas que não há data definida para isso. A próxima sessão ordinária da Câmara de Jarinu acontece somente no dia 3 de março.

EMERSON LEITE

fonte: JJ

Voto Consciente Jundiai

Leia mais sobre Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/vereadores-decidem-adiar-votacao/