Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Voto e entidades da sociedade civil marcam novo encontro para criação de rede

Publicada em 20/04/2018 às 17:56 | por Laura Stoppa

Com o apoio do Grendacc – Grupo de Defesa em Apoio da Criança com Câncer, as entidades envolvidas com a criação de uma rede de entidades da sociedade civil do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) promove no dia 3 de maio às 18h mais uma reunião, desta vez no SENAC da cidade. Este será o segundo encontro para a formação darede a ser integrada por 50 entidades, cuja discussão teve início no final do ano passado em evento realizado pelo Movimento Voto Consciente no Colégio Professor Luiz Rosa e Faculdade Jundiaí/Uniesp.

Na época as entidades envolvidas decidiram elaborar manifesto, já publicado, após participar de palestras sobre captação e gestão de recursos no terceiro setor. Grupos que atuam em diferentes áreas – como assistência social, educação, cultura, meio ambiente, controle social, saúde e diversidade, além da causa animal, do idoso e de esportes – compartilharam ideias, informações e conhecimento sobre as cidades pertencentes ao Aglomerado. Os participante sconheceram a importância da aplicação das políticas públicas no dia a dia dos movimentos e das organizações sociais, além de refletirem sobre identidade e cidadania.

Os debates sobre a criação da rede foram retomados no dia 25 de fevereiro no Lar Anália Franco, em Jundiaí, no primeiro encontro do ESC/AUJ de 2018. Nele a cientista social e voluntária do Voto, Thuany Figueiredo, apresentou a proposta e ressaltou a importância de as entidades participarem do processo de construção da rede. Ivy Frizo de Melo, da Quíron – Educação para o Protagonismo, também presente, desenvolveu dinâmica utilizando conceitos de metodologia para trabalhar princípios como missão, valores e expectativas. “Como resultado as entidades puderam se engajar mais ativamente no desenho da rede”, disse Thuany. Neste novo encontro, segundo ela, devem ser traçadas estratégias para divulgar amplamente o manifesto elaborado pelas entidades no começo do ano.

Manifesto

“Para toda a sociedade civil das cidades da Aglomeração Urbana de Jundiaí!

Nós, integrantes de diversos movimentos da região formada pelas cidades de Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira e Várzea Paulista, acreditamos que JUNTOS podemos transformar nossas cidades e nossa região.

Este grupo inicial surge de um encontro de ONGs e movimentos sociais promovido nos dias 24 e 25 de novembro de 2017, em que entidades da sociedade civil foram convidadas a se cadastrarem em mapeamento elaborado pelo Movimento Voto Consciente Jundiaí.

A resposta ao convite do mapeamento contou com mais de 50 entidades do terceiro setor, com diferentes finalidades, tamanhos, organizações e tempo de trabalho – e 30 delas estavam presentes ao evento.

Dessa forma nos conhecemos, debatemos problemas estruturais internos e conflitos externos, trocamos nossos métodos de trabalho. E descobrimos que temos muito mais em comum do que sequer imaginávamos.

Começamos a criar, assim, uma rede de apoio mútuo entre as diferentes instituições e entidades presentes – um apoio organizacional, filantrópico e de conhecimento. Somos muitos, mais do que podíamos imaginar.

Saindo da (aparente) ação solitária para um espaço de solidariedade baseado em alguns pilares como o respeito mútuo, a empatia pela causa alheia e o fortalecimento político como membros atuantes na sociedade da Aglomeração Urbana de Jundiaí. E o manifesto público como ferramenta de consciência sobre o que queremos combater.

E por que esse encontro nasceu? Assim como todas as pessoas, estamos imersos na sociedade civil. Trabalhamos, estudamos e temos nossas famílias. No entanto, dentro de cada um de nós há uma inquietude de querer fazer mais, de ter sonhos e acreditar que eles pudessem ser realizados.

De acordo com o que cada um de nós acredita, buscamos voluntariamente a função de lutar por um direito hoje distribuído de forma desigual pela malha social em que estamos inseridos. Mas que é exposto como direito básico de cada cidadão brasileiro pela Constituição Federal de 1988 – como educação de qualidade para todos, direito à moradia, sistema de saúde adequado, a alimentação e outros.

O que é possível esperar de nós com essa busca de mais cooperação?

Certamente, uma atuação cada vez maior dentro de nossa sociedade. A visão é de construirmos um coletivo onde cada indivíduo e entidade contribua conforme sua disponibilidade e conhecimento para fortalecer o todo.

Enquanto houver ao menos um de nós em condição desigual de direitos e de respeito haverá uma entidade lutando para que isso não mais aconteça.

Vocês com certeza vão ouvir mais sobre nós em breve. De imediato, pedimos apenas que cada pessoa observe ao seu redor: em sua rua, em seu bairro, em sua comunidade. Seguramente, há uma entidade mesmo que pequena, com indivíduos como a gente, fazendo seu pequeno “trabalho de formiguinha” em nome daquilo que acredita. Essas pessoas precisam de apoio e muitas vezes também de recursos: em que você pode ajudar?”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/voto-e-entidades-da-sociedade-civil-marcam-novo-encontro-para-criacao-de-rede/