Voto Consciente Jundiaí | https://votoconscientejundiai.com.br

Voto reforça papel da Tribuna Livre durante sessão da Câmara

Publicada em 18/12/2019 às 18:41 | por Márcia Pires

O Movimento Voto Consciente Jundiaí ocupou mais uma vez a Tribuna Livre da sessão desta terça (17), última sessão do ano, para fazer pequeno balanço das atividades realizadas em 2019 e adiantar aquelas previstas para o ano eleitoral de 2020. E usou como exatamente a tribuna, ameaçada em determinado momento de extinção, como exemplo de promoção da cidadania. Acompanhe:

“Boa noite público aqui presente, boa noite a todos que acompanham essa sessão por outros canais, boa noite senhor presidente, boa noite senhores vereadores. Meu nome é Márcia Pires e sou voluntária do Movimento Voto Consciente Jundiaí, que acompanha há 13 anos o trabalho do legislativo da cidade e busca a promoção da cidadania ativa.

Estamos aqui hoje, última sessão ordinária, para fazer um rápido balanço dos trabalhos do ano de 2019 e também comentar sobre o próximo ano, que é eleitoral. Exatamente por promovermos a cidadania ativa é que iniciamos essa fala com uma reflexão a respeito do papel da Tribuna Livre.

É justamente por acreditar na participação cidadã que o Voto Consciente defende este espaço. Ele é uma janela conquistada pelo esforço conjunto de diversos movimentos, organizações e coletivos da cidade. Apesar de sua importância, é de se notar a baixa participação da população na tribuna, muitas vezes confundida como sinal de insucesso.

A falta de interesse da população seria mesmo um indicativo de que esse espaço simplesmente não funciona?
Sobre isso nós queremos propor um novo olhar: qual a régua que nós usamos para medir o sucesso da tribuna? Será que não estaria essa régua baseada em expectativas irreais de participação?

Nenhuma Tribuna Livre nos modelos que conhecemos seria capaz de resolver por ela mesma a baixa adesão popular na política, já que esse fenômeno é estrutural no Brasil. Pensamos que, enquanto se avalia o sucesso da tribuna em ideal participação, corre-se o risco de fazer uma consideração injusta.

Segundo dados do Estudo Eleitoral Brasileiro de 2018, por exemplo, quando perguntadas sobre “o que é democracia” cerca de 40% das pessoas disseram não saber. Ora, em um país com esse índice de desconhecimento, a participação de uma única pessoa na tribuna já é, a nosso ver, uma imensa vitória.

É por isso que o Voto Consciente quer dialogar e propor uma mudança na visão do que se considera o sucesso no uso desse espaço. É claro que devemos trabalhar para que a tribuna seja cada vez mais utilizada e o Voto Consciente tem nisso uma das suas missões. Mas que a baixa adesão nunca seja usada contra esse local destinado aos oradores, já que, como foi dito, isso tudo é reflexo de um problema estrutural do qual a população é vítima, não algoz.

A existência desse espaço que permite que qualquer cidadão seja ouvido, já faz, por si só, com que a Tribuna Livre seja um sucesso. Por isso queremos lembrar, em que pese o necessário e inegociável respeito à essa Casa de Leis, aos seus funcionários e aos senhores vereadores, que as críticas que se fazem presentes – algumas delas feitas, reconhecemos, da forma mais inadequada e inábil – fazem parte do jogo democrático. E lidar com esses questionamentos de forma mais amena, onde se demonstre mais jogo de cintura ao lidar com as críticas – afinal vivemos em uma democracia! – contribui para a construção de uma cidade melhor.

A propósito dessa reflexão também, aproveitamos a oportunidade para lembrar que em 2020 teremos mais um processo para a eleição de representantes da Câmara e do Executivo, na esfera municipal, em todo o Brasil. O Voto Consciente Jundiaí, como em anos anteriores, acompanhará os principais acontecimentos e fornecerá informações de qualidade sobre o pleito em mais uma Ficha Pública.

A Ficha é um documento distribuído gratuitamente a milhares de jundiaienses e seu conteúdo atinge milhares de eleitores. Nela também divulgaremos o resultado da avaliação dos vereadores de Jundiaí na legislatura 2017-2020 sob cinco indicadores: presença nas sessões, votações nominais, projetos de alto e baixo impacto, presença nas comissões temáticas e acessibilidade cidadã.

Para finalizar reforçamos que, em todas as ações do nosso movimento, está expressa a sua principal missão: lançar luz sobre o bom parlamento através dos valores contidos em nossa carta de princípios. Mas também não deixaremos de realizar os apontamentos necessários quando quaisquer acontecimentos soem contrário ao bom parlamentarismo, aos princípios constitucionais e ao regimento interno desta Câmara. Sempre levando em consideração, em primeiro lugar, a participação cidadã e a educação para a cidadania.

Muito obrigada em nome do todos os voluntários do Voto Consciente Jundiaí.”

Márcia Pires

Leia mais sobre Outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Link original: https://votoconscientejundiai.com.br/voto-reforca-papel-da-tribuna-livre-durante-a-ultima-sessao-do-ano-da-camara/